Sondando estruturas cristalinas e interações magnéticas em perovskitas com espectroscopia Raman

Orientador: Eduardo Granado Monteiro da Silva

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Kaneko, Ulisses Ferreira, 1984-
Orientador/a: Silva, Eduardo Granado Monteiro da, 1974-
Banca: Moreira, Roberto Luiz, Rettori, Carlos
Format: Dissertação
Language:por
Published: [s.n.]
Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Física Gleb Wataghin
Programa: Programa de Pós-Graduação em Física
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277669
Citação:KANEKO, Ulisses Ferreira. Sondando estruturas cristalinas e interações magnéticas em perovskitas com espectroscopia Raman. 2012. 80 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/277669>. Acesso em: 20 ago. 2018.
Resumo Português:Resumo: Essa dissertação de Mestrado descreve medidas de Espectroscopia Raman realizadas em dois sistemas de perovskitas, Sr2CrReO6 e Ba1-xLaxTi0,5Mn0,5O3. Na perovskita Sr2CrReO6 dupla foram feitas medidas em um intervalo de temperaturas entre 30 K e 700 K. Foi observado um endurecimento anômalo e recorde do modo de respiração dos octaedros de oxigênio sobre os metais de transição abaixo da temperatura de ordenamento ferrimagnético dos spins de Cr e Re, Tc~600K. Tal fenômeno é explicado em termos de uma nova excitação coletiva à qual atribuímos o nome de ¿spin-elétron-fônon¿. No sistema Ba1-xLaxTi0,5Mn0,5O3 é feita uma série de medidas para x=0.0, 0.2, 0.3, 0.4 e 0.5. Para cada valor de x foi variada a temperatura de 30 K até 300 K e o mostramos que a mudança de temperatura não induz nenhuma transição de fase estrutural. No entanto, o espectro Raman mostra uma evolução em função de x que é interpretada como uma transição de fase causada por um aumento da desordem ocupacional nos sítios de Ti e Mn induzida pela dopagem de La
Resumo inglês:Abstract: This Master¿s thesis describes Raman spectroscopy measurements performed on two perovskitas systems, Sr2CrReO6 and Ba1-xLaxTi0,5Mn0,5O3. In the double perovskite Sr2CrReO6 Raman spectra were measured as a function of temperature in the range from 30 K to 700 K. A record-high anomalous hardening at the frequency of breathing mode of the oxygen octaedra over the transition-metals ions was observed below the ferrimagnetic ordering temperature of the Cr and Re spins. This phenomenon is explained in terms of a new collective excitation which we term \\\"spin-electronphonon\\\". In the system Ba1-xLaxTi0,5Mn0,5O3 a series of Raman spectra was measured for x = 0.0; 0.2; 0.3; 0.4 and 0.5. For each composition the temperature was varied from 30 K to 300 K and we showed that, at least in the studied range temperature variation does not induce any structural transition. However, the Raman spectrum shows an evolution with x which is interpreted as a phase transition caused by increase in occupational disorder in the Ti and Mn sites induced by La dopping