Taxa de cambio e regimes cambiais no Brasil

Orientadores: Otaviano Canuto dos Santos Filho, Pedro Luiz Valls Pareira

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:1998
Main Author: Brito, Marcio Holland de
Orientador/a: Pereira, Pedro Luiz Valls, Filho, Otaviano Canuto dos Santos
Format: Tese
Language:por
Published: [s.n.]
Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Economia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Economia
Assuntos em Português:
Online Access:http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285832
Citação:BRITO, Marcio Holland de. Taxa de cambio e regimes cambiais no Brasil. 1998. 210f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285832>. Acesso em: 24 jul. 2018.
Resumo Português:Resumo: Toda a problemática envolvida neste trabalho pode ser resumida basicamente num esforço em sistematizar informações e análises sobre o comportamento da taxa de câmbio nos diversos regimes cambiais no Brasil, no período recente. Sendo a taxa de câmbio uma peça central para a avaliação dos parâmetros de decisão dos agentes econômicos, pode-se até compreender os esforços no sentido de encontrar uma taxa 'de câmbio real de equilíbrio, em sintonia com ajustes macroeconômicos consistentes. Contudo, tal esforço é extremamente limitado em uma economia marcada por um conjunto significativo de mudanças no regime monetário, de períodos de pronunciada inflação e de fortes intervenções governamentais. A análise do comportamento da taxa de câmbio não deixa dúvida quanto à tendência à intensa desvalorização de nossa moeda nos períodos de aceleração inflacionária e à sua forte valorização nos períodos imediatamente após choques de política econômica, como, por exemplo, no período recente do Plano Real, impulsionada pelas entradas expressivas de capitais externos voláteis e pela política interna de juros reais exorbitantes. Assim, as preciações cambiais não são precedidas por ataques especulativos, nem, contudo, implicam uma situação de profunda instabilidade no mercado a ponto de ser ela própria a causa de ataques ou crises. Há, ainda, uma certa resistência, perfeitamente justificável, das autoridades monetárias em alterar muito abruptamente a taxa de câmbio, em forma de maxidesvalorizações, o que pode romper certas convenções e credibilidade na política econômica. O Plano Real é, mais uma vez, um caso exemplar desta armadilha imposta por uma fixação da taxa de câmbio por um período muito longo ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital
Resumo inglês:Abstract: Not informed.