Estrutura e evolução de capital Em Pernambuco = do isolamento relativo ao limiar da integração produtiva

Orientador: Fernando Cézar de Macedo Mota

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Oliveira, Fábio Lucas Pimentel de, 1985-
Orientador/a: Mota, Fernando Cezar de Macedo, 1969-
Banca: Cano, Wilson, Morais, José Micaelson Lacerda
Format: Dissertação
Language:por
Published: [s.n.]
Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Economia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286355
Citação:OLIVEIRA, Fábio Lucas Pimentel de. Estrutura e evolução de capital Em Pernambuco = do isolamento relativo ao limiar da integração produtiva. 2011. 224 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286355>. Acesso em: 17 ago. 2018.
Resumo Português:Resumo: Este trabalho tem por objetivo reconstituir o movimento das principais frações de capital de Pernambuco no período que vai do último quartel do século XIX até o final dos anos de 1950. Para tanto, a análise está enquadrada na temática da transição do isolamento relativo regional até o limiar da integração produtiva. O enfoque principal está na análise das transformações ocorridas na produção açucareira estadual, bem como no surgimento e consolidação das primeiras fábricas têxteis no estado. Ademais, é dada especial atenção à atuação do capital mercantil na economia local, sem omitir a existência de outras atividades produtivas de menor relevância que surgiram no período, impulsionadas especialmente pelas atividades principais e pelo processo de urbanização do Recife. O movimento das frações de capital é reconstituído tendo por base as transformações da estrutura industrial, mediadas pelo comércio internacional e inter-regional. O estudo se encerra com a tentativa de evidenciar o quadro econômico de Pernambuco no limiar da integração produtiva, já no contexto da emergência da Questão Regional no Brasil, quando, em linha com o que vinha ocorrendo no Nordeste, as frações de capital pernambucanas já não possuíam capacidade própria de promover o desenvolvimento econômico
Resumo inglês:Abstract: This dissertation aims to trace the movement of the main capital fractions of Pernambuco from the last quarter of the nineteenth century until the late 1950s. To achieve that, the analysis is framed in the theme of transition from relative isolation to the brink of regional productive integration. The main focus of the study is the analysis of changes in sugar production in the state, as well as the emergence and consolidation of the first textile factories. Moreover, special attention is given to the role of merchant capital, without omitting the existence of other less relevant productive activities in the period, driven especially by the main activities and by the process of urbanization in Recife. Based on the transformation of industrial structure, the reconstitution of the movement of capital fractions is mediated by international and interregional trading. The study concludes with an attempt to highlight the economic framework of Pernambuco on the threshold of production integration, in the context of the emergence of the Regional Question in Brazil, when, in line with what was occurring in the Northeast, Pernambuco's capital fractions no longer had an inherent capacity to promote economic development