Desenvolvimento capitalista e trajetórias empresariais em Pernambuco

Orientador: Wilson Cano

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Oliveira, Fábio Lucas Pimentel de, 1985-
Orientador/a: Cano, Wilson, 1937-
Banca: Araujo, Tânia Bacelar de, Brandão, Carlos Antonio, Mota, Fernando Cezar de Macedo, Nascimento, Humberto Miranda do
Format: Tese
Language:por
Published: [s.n.]
Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Economia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286400
Citação:OLIVEIRA, Fábio Lucas Pimentel de. Desenvolvimento capitalista e trajetórias empresariais em Pernambuco. 2014. 331 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286400>. Acesso em: 26 ago. 2018.
Resumo Português:Resumo: Esta tese parte de uma visão geral da evolução capitalista no Brasil desde meados dos anos de 1950, em que se procura discutir uma concepção de desenvolvimento relacionada ao avanço das forças produtivas promovido pelo Estado e pelas Empresas Privadas (nacionais e transnacionais). Considera, no contexto de integração regional posterior à criação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), uma periodização específica, segundo a qual são apontados os principais determinantes e características da estrutura produtiva e das relações de comércio estabelecidas entre o estado de Pernambuco, as demais regiões do País e o resto do mundo. Propõe um refinamento analítico, em termos de frações de capital, com o objetivo de dar ênfase à identificação das principais empresas que atuaram no Estado ao longo dos últimos cinquenta anos. Para tanto, faz-se uso de categorias como participação nas vendas, controle e origem do capital e vinculação setorial das maiores firmas. Com isso, procura-se ilustrar as frações de capital que foram surgindo, desaparecendo ou consolidando-se ao longo da trajetória estadual de desenvolvimento. No caso dos capitais de origem pernambucana, o trabalho presta-se a identificar as bases originárias de acumulação e os padrões de transfiguração que orientaram estratégias empresariais locais, em um contexto concorrencial acirrado pelo próprio processo de integração produtiva e por determinantes definidos à escala nacional e internacional
Resumo inglês:Abstract: The thesis starts with an overview of Brazilian capitalist development since the mid-1950s, establishing a discussion of the concept of development related to the progress of productive forces induced by the State and Private Companies (national and transnational). To emphasize the case of Pernambuco, it considers the context of regional integration after the creation of the Superintendência para o Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE). Then, draws a specific timeline under which some features and the main determinants of the productive structure and trade relations of Pernambuco's economy are appointed. Besides the traditional macroeconomic approach, the study proposes an analytical refinement in terms of fractions of capital, with the aim of emphasizing the operation of the main companies of Pernambuco over the last fifty years, by using categories such as participation in sales, control and origin of the capital and sector of activity. It also illustrates the enterprises that emerged, disappeared or were consolidated along the path of the economic development of Pernambuco, relating this approach to the macroeconomic overview held before. In the case of local enterprises (originated in Pernambuco), the study identifies the 'original' bases of accumulation and focuses on the patterns of transfiguration that guided local business strategies in a competitive environment defined by the national productive integration process and other determinants at the supra-local scale