Contribuições das associações de ação coletiva para coordenação de redes de suprimentos: estudo de caso da rede da construção civil no Brasil

Esta pesquisa insere-se no campo de estudos das redes e cadeias de suprimentos, como estruturas fragmentadas e complexas de organização de empresas autônomas para produção de pacotes de valor, necessários para atender os desejos e necessidades dos clientes. Procura responder como essas redes de supr...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2005
Main Author: Maita, Márcio Antonio
Orientador/a: Di Serio, Luiz Carlos
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Online Access:http://hdl.handle.net/10438/2281
Citação:MAITA, Márcio Antonio. Contribuições das associações de ação coletiva para coordenação de redes de suprimentos: estudo de caso da rede da construção civil no Brasil. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2005.
Resumo Português:Esta pesquisa insere-se no campo de estudos das redes e cadeias de suprimentos, como estruturas fragmentadas e complexas de organização de empresas autônomas para produção de pacotes de valor, necessários para atender os desejos e necessidades dos clientes. Procura responder como essas redes de suprimentos, e as empresas e cadeias que as compõem, são coordenadas para produzir em conjunto. Especificamente, busca compreender como as associações de ação coletiva contribuem para sua coordenação. Com base na revisão da literatura de redes de suprimentos e de associações de ação coletiva, foi projetada uma pesquisa de múltiplos casos nas associações da rede de suprimentos da construção civil no Brasil. Os resultados indicam que novos processos e mecanismos de coordenação das redes estão sendo criados ou reformulados para atender às exigências da nova estrutura de produção em redes. É proposta uma série de ações coletivas para melhorar as operações e gestão das empresas, cadeias e redes.
Resumo inglês:This research belongs to the field of studies of the supply networks, as fragmented and complex organization and structure of independent firms, to produce and deliver value packages (goods and services) needed to satisfy the clients’ wills and needs. Research to answer how these networks, and the supply chains and firms embedded in it, are coordinated to produce together. Specifically, research to understand how associations of collective action contribute to it. Based on the supply chain and networks literature revision, a field multiple cases research was designed, on collective action associations in the construction industry in Brazil. The results show that new processes and mechanisms of network coordination are being created or reshaped to reach the demands of the new network production structure. It is proposed a series of collective social actions to improve operations and management of firms, supply chains and supply networks.