Cultures at work: the case of italian expatriates in Brazil

Esta tese de mestrado tem por intenção entender quais são as mais importantes diferenças culturais para os expatriados Italianos que trabalham no Brasil e aprender as implicações práticas para o ambiente de trabalho. O método utilizado foi qualitativo, com 23 entrevistas em profundidade com expatria...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Carucci, Andrea
Orientador/a: Lacombe, Beatriz Maria Braga
Format: Dissertação
Language:eng
Assuntos em Português:
Online Access:http://hdl.handle.net/10438/11728
Citação:CARUCCI, Andrea. Cultures at work: the case of italian expatriates in Brazil. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Internacional) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2014.
Resumo Português:Esta tese de mestrado tem por intenção entender quais são as mais importantes diferenças culturais para os expatriados Italianos que trabalham no Brasil e aprender as implicações práticas para o ambiente de trabalho. O método utilizado foi qualitativo, com 23 entrevistas em profundidade com expatriados italianos de nível médio ate top management, com experiência de trabalho no Brasil. Os resultados indicam que os expatriados Italianos experimentam dificuldades com as diferenças em termos de comunicação, distinção entre as esfera profissional e privada, distancia do poder e planejamento. Em contrapartida, outros fatores como a discriminação positiva para os estrangeiros, diferenças em geneder equality e masculinidade, assim como com a atitude positiva dos workplaces e uma economia em crescimento, todos influenciam de maneira positiva a experiência do expatriado. Enfim, algumas sugestões práticas sobre os efeitos das diferenças culturais e sobre a estruturação de um possível cross-cultural training são expostas.