Os preços administrados e a condução de política monetária no Brasil

The aim of this work is to analyze the behavior of regulated prices in Brazil. We argue that such prices are more persistent than all other indices used to study the Brazilian inflationary process. In order to fulfill our aim we first investigated some inflation persistence tests. Then, we used Vect...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2006
Main Author: Aidar, Otávio Arthur Bártolo
Orientador/a: Teles, Vladimir Kuhl
Format: Dissertação
Language:por
Assuntos em Português:
Online Access:http://hdl.handle.net/10438/1831
Citação:AIDAR, Otávio Arthur Bártolo. Os preços administrados e a condução de política monetária no Brasil. Dissertação (Mestrado em Economia de Empresas) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2006.
Resumo Português:Esta dissertação trata da questão dos preços administrados no Brasil sob a argumentação de que os mesmos apresentam uma persistência mais acentuada do que os demais preços da economia. Para alcançar este objetivo foram verificados alguns testes de persistência inflacionária. Em seguida, utilizou-se a metodologia dos Vetores de Correção de Erro (VEC) para estudar a relação dos preços administrados com as variáveis mais importantes da economia brasileira, tais como, produto, taxa de câmbio, preços livres e taxa de juros Selic. Por fim, utilizou-se do instrumental de Mankiw e Reis (2003) para verificar qual o índice de preços seria mais adequado para manter a atividade econômica brasileira mais próxima de seu nível potencial. Os resultados encontrados foram os seguintes: 1) observou-se persistência do IPCA representada pelos preços administrados; 2) a autoridade monetária responde a choques dos preços monitorados com maior veemência do que a choques nos preços livres; 3) o exercício de Mankiw e Reis (2003) apontou que a porcentagem dos preços monitorados deve ser menor que a atual do IPCA em um índice de preços estabilizador. Desta forma, mostra-se que a presença dos preços administrados dificulta pronunciadamente a condução de política monetária no Brasil.
Resumo inglês:The aim of this work is to analyze the behavior of regulated prices in Brazil. We argue that such prices are more persistent than all other indices used to study the Brazilian inflationary process. In order to fulfill our aim we first investigated some inflation persistence tests. Then, we used Vector Error Correction (VEC) models to assess the relationship between regulated prices and some important variables such as output, exchange rate, market prices and Selic interest rate. As well as that, we made use Mankiw and Reis' (2003) methodology so as to study which price index would be more suitable to keep economic activity as close as possible to potential output. The main results are as follows: i) persistence related to IPCA comes mainly from regulated prices; ii) policymakers respond more promptly to perturbations coming from regulated prices: iii) Mankiw and Reis' (2003) methodology shows that the percentage of regulated prices that makes part of IPCA should be less than it actually is so that there is a stabilizing price index. Therefore, we were able to show that regulated prices cause a lot of difficulties in the monetary policy conduct in Brazil.