Índice espaciais para mensurar a segregação residencial: o caso de São José dos Campos (SP)

Segregação residencial representa a separação entre famílias pertencentes a distintos grupos sociais. Na América Latina, onde os atributos que a caracterizam são principalmente socioeconômicos, são inúmeras as evidências acerca dos impactos negativos que este fenômeno provoca sobre a cidade e a vida...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2005
Main Author: Flávia da Fonseca Feitosa
Orientador/a: Antonio Miguel Vieira Monteiro, Gilberto Câmara Neto
Banca: Silvana Amaral Kampel, Haroldo da Gama Torres, Erminia Terezinha Menon Maricato
Format: Dissertação
Language:por
Published: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Programa: Programa de Pós-Graduação do INPE em Sensoriamento Remoto
Online Access:http://urlib.net/sid.inpe.br/jeferson/2005/05.17.11.56
Resumo Português:Segregação residencial representa a separação entre famílias pertencentes a distintos grupos sociais. Na América Latina, onde os atributos que a caracterizam são principalmente socioeconômicos, são inúmeras as evidências acerca dos impactos negativos que este fenômeno provoca sobre a cidade e a vida de seus cidadãos. Tais constatações têm demandado uma compreensão mais detalhada sobre a segregação residencial. Neste sentido, medidas de segregação são ferramentas úteis para a análise de padrões, causas e conseqüências deste fenômeno. Contudo, a maioria dos estudos focados em sua mensuração baseia-se em índices não-espaciais e globais, ou seja, medidas incapazes de considerar o arranjo espacial da população e de apontar as variações do grau de segregação ao longo da cidade. Além disto, a utilização de índices de segregação nestes trabalhos não vem acompanhada da adoção de um limiar criterioso que determine se a distribuição populacional em questão é segregada ou não. Esta dissertação tem como objetivo a elaboração e avaliação de métodos e técnicas de mensuração da segregação capazes de superar as limitações mencionadas. Especificamente, foram propostos: (a) índices espaciais de segregação, construídos a partir da extensão de índices globais e não-espaciais existentes; (b) índices locais de segregação, desenvolvidos a partir da decomposição dos índices espaciais propostos; e (c) a aplicação de um teste estatístico para a verificação da significância dos índices calculados sobre um determinado arranjo populacional. Os métodos e técnicas propostos foram avaliados sobre um conjunto de dados artificiais bem como sobre os dados de São José dos Campos (SP) referentes aos anos de 1991 e 2000. Por intermédio deste experimento, foi possível a identificação de padrões de segregação residencial vigentes na cidade no período estudado.
Resumo inglês:Residential segregation is the separation among families belonging to different social groups. In Latin America, where the attributes that characterize segregation are mainly socioeconomic, there are several evidences about the negative impacts of this phenomenon on the city and the life of its citizens. Such evidences have demanded a more detailed comprehension of residential segregation. In this context, segregation measures are useful tools for the analysis of patters, causes and consequences of this phenomenon. However, most of the studies focused on segregation measurement have so far relied on nonspatial and global indices. In other words, the applied measures are unable to consider the spatial arrangement of population and to show the variation of segregation along the city. Besides, the use of segregation measures in these studies has not been followed by any procedure for assessing a threshold that determines whether a certain population distribution is segregated or not. The purpose of this work is the formulation and evaluation of methods and techniques of segregation measurement that are able to overcome the mentioned shortcomings. Specifically, we proposed: (a) spatial segregation indices, obtained by the extension of existing global and nonspatial indices; (b) local indices of segregation, developed by the decomposition of the proposed spatial indices; and (c) the application of a statistical test to determine the significance of the computed indices. The proposed methods and techniques were evaluated using an artificial dataset as well as São José dos Campos (SP) data from 1991 and 2000. By means of this experiment, it was possible to identify segregation patterns in the city during the period of study.