ENTRE NÚMEROS E PALAVRAS: DIFERENÇAS QUE COLIDEM NO FRACASSO ESCOLAR

This dissertation - Between numbers and words: differences collide in school failure - looking first observe the curriculum guidelines and evaluation systems, with emphasis on the Official Curriculum, established in 2008, and the School Performance Evaluation System (SARESP) the State of São Paulo,...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Rodrigues, Isabel Cristina dos Santos
Orientador/a: Souza, Roger Marchesini Quadros lattes
Banca: Saes, Decio Azevedo Marques de lattes, Nascimento, Rômulo Pereira
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Metodista de São Paulo
Programa: PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO
Department: Educação
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1038
Citação:RODRIGUES, Isabel Cristina dos Santos. Between number and words: differencescollids in school failures. 2015. 116 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2015.
Resumo Português:Esta dissertação - Entre números e palavras: diferenças que colidem no fracasso escolar - procura observar, inicialmente, as diretrizes curriculares e os sistemas avaliativos, com ênfase sobre o Currículo Oficial, instituído em 2008, e o Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar (SARESP) do Estado de São Paulo, para, posteriormente, buscar compreender as relações que se estabelecem quando observados pelo discurso dos professores, que em sala de aula são o ponto de contato entre o currículo e os alunos. Para tanto, além da análise dos documentos curriculares e dos sistemas de avaliação oficiais, referendamo-nos em pressupostos teóricos relacionados ao campo curricular, tendo como principal viés os conceitos de Capital Cultural e Habitus desenvolvidos por Pierre Bourdieu. A partir destas discussões e conceitos se organizam as entrevistas realizadas com professores de Língua Portuguesa do 9º ano do ensino fundamental da rede pública do Estado de São Paulo, em que buscamos problematizar o Currículo Oficial, as metas e resultados de desempenho estabelecidos pelo SARESP, as relações de poder e ideologia presentes nas diretrizes curriculares no encontro com o Capital Cultual dos alunos. Deste modo, este estudo observa um amplo conjunto de práticas que mobilizam as ações educativas, com reflexos sobre o funcionamento da escola, bem como sobre os professores e os alunos; bem como, problematiza a constituição de diretrizes curriculares, o estabelecimento de currículos oficiais e sua unicidade, os resultados advindos das avaliações sistêmicas, as relações de poder e ideologias que atravessam os documentos oficiais e sua influência sobre a formação escolar dos alunos.
Resumo inglês:This dissertation - Between numbers and words: differences collide in school failure - looking first observe the curriculum guidelines and evaluation systems, with emphasis on the Official Curriculum, established in 2008, and the School Performance Evaluation System (SARESP) the State of São Paulo, to then seek to understand the relationships established when observed by the speech of teachers, which in the classroom are the point of contact between the curriculum and the students. For both, beyond the analysis of curriculum documents and official evaluation systems, countersign us on theoretical assumptions related to curriculum field, the main bias the concepts of cultural capital and habitus developed by Pierre Bourdieu. From these discussions and concepts are organized interviews with Portuguese teachers of 9th grade of elementary education in public schools of São Paulo, in which we seek to problematize the Official Curriculum, targets and performance results established by SARESP, the power relations and ideology present in the curriculum guidelines at the meeting with the religious cult Capital of students. So, this study observed a wide range of practices that mobilize the educational, with reflections on the school run, as well as teachers and students; and then questions the establishment of curriculum guidelines, the establishment of official curricula and its uniqueness, the results from systemic reviews, power relations and ideologies that cross the official documents and their influence on the schooling of students.