SOME4PM: um framework prescritivo para guiar o uso integrado de mídias sociais em gerenciamento de projetos

O atual ambiente competitivo leva as empresas a procurarem soluções para melhorar o desempenho de seus projetos. Nesse contexto, a adoção de ferramentas para suportar a gestão desses projetos é essencial. Mídias sociais como wikis, blogues e microblogues, surgiram para apresentar novas formas de fac...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Ikemoto, Miriam Naomi lattes
Orientador/a: Russo, Rosária de Fátima Segger Macri
Co-advisor: Chaves, Marcirio Silveira
Banca: Russo, Rosária de Fátima Segger Macri, Chaves, Marcirio Silveira, Martens, Cristina Dai Prá, Gantman, Sonia
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Nove de Julho
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Projetos
Department: Administração
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1698
Citação:Ikemoto, Miriam Naomi. SOME4PM: a prescriptive framework for guiding integrated use of social media in project management. 2017. 97 f. Dissertação( Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão de Projetos) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Resumo Português:O atual ambiente competitivo leva as empresas a procurarem soluções para melhorar o desempenho de seus projetos. Nesse contexto, a adoção de ferramentas para suportar a gestão desses projetos é essencial. Mídias sociais como wikis, blogues e microblogues, surgiram para apresentar novas formas de facilitar as atividades de gerenciamento de projetos (GP), para que possam contribuir para o sucesso do projeto. No entanto, as empresas subexploram o efetivo uso integrado de tais ferramentas como suporte no GP. Os gerentes de projeto enfrentam alguns desafios, tais como falta de conhecimento das ferramentas e, onde e como armazenar dados para a utilização eficaz destas tecnologias. O objetivo desta pesquisa é desenvolver um framework prescritivo para orientar o uso integrado de mídias sociais para apoiar o GP. Esta pesquisa exploratória e qualitativa foi conduzida sob a epistemologia construtivista social e hermenêutica. Primeiro, eu realizei uma revisão de literatura utilizando uma abordagem hermenêutica. Como o uso de mídias sociais no GP ainda é um tema emergente, existem poucos estudos empíricos sobre o assunto. Para superar esse problema, entrevistei gerentes de projetos e realizei um grupo focal exploratório com participantes que usavam mídias sociais em sua profissão. Analisei os dados usando Grounded Theory Methodology (GTM) da Escola Charmaz, versão construtivista e mais recente do Grounded Theory. Finalmente, realizei um grupo focal confirmatório para validar o framework. Os resultados mostram que o entendimento dos recursos de cada mídia social, juntamente com ações de conscientização do uso de um conjunto comum de ferramentas, representa um instrumento poderoso para a condução de projetos nas organizações. Foram identificadas quatro categorias de uso das mídias sociais: comunicação, controle, disseminação e repositório. Considerando que a maioria das pesquisas explora o uso de uma única ferramenta ou seu uso isolado, esta pesquisa adiciona à literatura o SOME4PM - um framework prescritivo de uso integrado de mídias sociais para GP. Como contribuição prática, apresenta uma visão do framework contendo exemplos de mídias sociais atuais para ajudar as organizações na escolha do conjunto dessas mídias que melhor se encaixa em suas necessidades. Além disso, fornece cenários e recomendações para o uso efetivo do SOME4PM nas organizações. Assim, os gerentes de projeto têm uma visão ampla sobre como as mídias sociais estão sendo usadas e como elas podem ser integradas para apoiar o GP.
The current competitive environment drives companies to seek solutions to improve the performance of their projects. In this context, the adoption of tools to support the management of these projects is essential. Social media such as wikis, blogs and microblogs, have emerged to present innovative ways to facilitate project management (PM) activities so that they can contribute to the success of the projects. However, companies underexplore the effective integrated use of such tools as a support in PM. Project managers face some challenges, such as lack of knowledge of the tools and, where and how to store data for the effective use of these technologies. The objective of this research is to develop a prescriptive framework to guide the integrated use of social media to support PM. This exploratory and qualitative research was conducted under the social constructivist epistemology and hermeneutics. First, I performed a literature review using a hermeneutic approach. As the use of social media in PM is still an emerging theme, there are few empirical studies on the subject. To overcome this problem, I interviewed project managers and I led an exploratory focus group with participants who use social media in their profession. I analyzed the data using Grounded Theory Methodology (GTM) of the Charmaz, a constructivist and the later version of Grounded Theory. Finally, I led a confirmatory focus group to validate the framework. Findings show the understanding of the resources of each social media, along with actions to raise awareness of the use of a common set of tools, represent a powerful instrument for conducting projects in organizations. Four categories of the use of social media were identified: communication, control, dissemination and repository. Considering that most research explores the use of a single tool or their use isolated, this research adds to the literature SOME4PM - a prescriptive framework of integrated use of social media in PM. As a practical contribution, it presents a view of framework contains examples of currently social media to help organizations choice the set of social media that better fit in their needs. Furthermore, it provides scenarios and recommendations for the effective use of SOME4PM in organizations. Hence, project managers have a broad vision on how social media are being used and how they can be integrated to support PM.