O laboratório proinfo: uso e apropriação das tecnologias educacionais por parte dos professores

The present study investigated the use and ownership that teachers and teachers make educational technology in school laboratories implemented by the Ministry of Education (MEC) through the National Program of Educational Technology (ProInfo). ProInfo was created initially by the MEC in 1997 and in...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Apolinário, Maria Joseneide lattes
Orientador/a: Gomez, Margarita Victoria lattes
Banca: Sabba, Cláudia Georgia lattes, Coelho, Edgar Pereira lattes, Silva, Maurício da
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Nove de Julho
Programa: Programa de Mestrado em Gestão e Práticas Educacionais
Department: Educação
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://localhost:8080/tede/handle/tede/794
Citação:APOLINÁRIO, Maria Joseneide. O laboratório proinfo: uso e apropriação das tecnologias educacionais por parte dos professores. 2015. 87 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2015.
Resumo Português:A presente pesquisa investigou o uso e apropriação que os professores e professoras fazem das tecnologias educacionais dos laboratórios escolares implementados pelo Ministério da Educação (MEC), por meio do Programa Nacional de tecnologia educacional (ProInfo), o qual foi criado, inicialmente, pelo MEC em 1997 e a partir de 2007 passou a ser denominado como Programa Nacional de Tecnologia Educacional, tendo como principal objetivo promover o uso pedagógico das tecnologias de informação e comunicação nas redes públicas de educação básica. As questões foram: depois de tanto tempo existem um acompanhamento e uma avaliação do uso das tecnologias dos Laboratórios ProInfo nas escolas do país? Realizada nas escolas da educação básica I e II da rede municipal de educação de uma cidade da grande São Paulo¹, a pesquisa quis saber: quais tecnologias educacionais chegaram às escolas da rede; conhecer como os professores estão se apropriando destas nas práticas educativas; e identificar atividades inovadoras para alunos e professores que permitiram a produção de novos conhecimentos. A metodologia consistiu em um estudo de caso, e as informações foram obtidas através de questionário aberto e fechado, em visitas às escolas, de análise de documentos da Secretaria da Educação, da observação de atividades elaboradas pelos professores, portfólios, e por relatos dos professores e da equipe gestora. Para a intervenção foi realizado um Círculo de Cultura com professoras de uma escola da rede municipal de ensino, com o objetivo de analisar suas práticas (ou não) nos laboratórios de informática ProInfo, e de partilhar estratégias de ensino aprendizagem, integrando os recursos tecnológicos do ProInfo. A pesquisa nos permitiu conhecer esta situação particular e compreender a necessidade do uso dos dispositivos e instrumentos tecnológicos para mobilizar certos saberes e recriar a prática docente que permita ao professor intervir e apropriar-se criticamente das tecnologias educacionais nos laboratórios ProInfo. Nesse sentido, a experiência permitiu a vivência de novas aprendizagens, nas quais refletiu-se, de várias maneiras, um certo projeto pedagógico produzido a partir da indagação sobre os laboratórios, da troca de experiências, do compartilhar de saberes, leituras e reflexões, gerando novos desafios.
Resumo inglês:The present study investigated the use and ownership that teachers and teachers make educational technology in school laboratories implemented by the Ministry of Education (MEC) through the National Program of Educational Technology (ProInfo). ProInfo was created initially by the MEC in 1997 and in 2007 became the National Program of Educational Technology, with the main objective to promote the educational use of information and communication at public basic education technologies. The questions were: after so long there are monitoring and evaluating the use of technology in schools Laboratories ProInfo the country? Held in basic education schools I and II, the municipal schools in a large city of São Paulo ¹, the survey asked: what educational technologies reached the schools in the network; know how teachers are appropriating these educational practices; identifying and motivating activities for students and teachers that enabled the production of new knowledge. The methodology consisted of a case study, and information was obtained from open and closed questionnaire on school visits, analysis of documents from the Secretary of Education, observation of activities developed by teachers, portfolios, and reports of teachers and the management team. For the intervention was an accomplished Culture Circle with teachers at a school of municipal schools, with the aim of analyzing their practices ( or not) in the computer labs ProInfo, and share strategies for teaching and learning, integrating technological resources ProInfo. The survey allowed us to know this particular situation and understand the need for the use of technological devices and instruments to mobilize certain knowledge and recreate the teaching practice that allows the teacher to intervene and is critically appropriate educational technologies in laboratories ProInfo. In this sense, the experience allowed the experience of new learning, in which was reflected in many ways, a certain educational project produced from the inquiry into the laboratories, exchange of experiences, the sharing of knowledge, readings and reflections, generating new challenges.