Saúde sexual do idoso: construindo um modelo de gestão para prevenção a partir da percepção do idoso e da equipe multidisciplinar

The rapid increase in the elderly population in Brazil since the 1960s, coupled with technological and pharmaceutical advances in the 20th century that provided a better quality of life and longevity in the sexual activities of the elderly, research has observed an increase in STDs (Sexually Transmi...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Shinohara, Eloisa Elena Ramos Dias lattes
Orientador/a: Assis, Sonia Francisca Monken de
Banca: Assis, Sonia Francisca Monken de, Lamy, Marcelo, Motta, Lara Jansiski, Quoniam, Luc, Ferraz, Renato Ribeiro Nogueira
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Nove de Julho
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão em Sistemas de Saúde
Department: Administração
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2054
Citação:Shinohara, Eloisa Elena Ramos Dias. Saúde sexual do idoso: construindo um modelo de gestão para prevenção a partir da percepção do idoso e da equipe multidisciplinar. 2019. 79 f. Dissertação( Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão em Sistemas de Saúde) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Resumo Português:O rápido aumento da população idosa no Brasil desde a década de 1960, unido aos avanços tecnológicos e farmacêuticos no século XX que propiciaram melhor qualidade de vida e longevidade nas atividades sexuais dos idosos, pesquisas observaram um aumento nas DST´s (Doença Sexualmente Transmissível) a partir das mudanças de comportamento neste grupo populacional. O objetivo deste estudo foi propor um modelo de gestão centrado na educação e prevenção das DST´s, a partir da percepção dos idosos e dos profissionais de saúde em um Núcleo de Convivência de Idoso (NCI) situado na cidade de São Paulo. Entre os resultados deste estudo 77,8% dos idosos conhecem alguma DST, 99,3% não usaram preservativo nas últimas relações sexuais e 61,5% não se sentem vulneráveis a infecções deste tipo. A equipe multiprofissional apresentou baixo conhecimento quanto a abordagem da sexualidade dos idosos. A metodologia aplicada é de caráter epidemiológico, transversal, qualitativo e quantitativo descritivo. A coleta de dados foi realizada por questionários estruturados e validados. Na análise dos dados quantitativos foi utilizado o programa Statistical Package for Social Sciences (SPSS), e a análise qualitativa a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC).
Resumo inglês:The rapid increase in the elderly population in Brazil since the 1960s, coupled with technological and pharmaceutical advances in the 20th century that provided a better quality of life and longevity in the sexual activities of the elderly, research has observed an increase in STDs (Sexually Transmitted Disease) from the behavioral changes in this population group. The objective of this study was to propose a management model focused on the education and prevention of STDs, based on the perception of the elderly and health professionals in an Elderly Living Group (ELG) located in the city of São Paulo. Among the results of this study, 77.8% of the elderly knew some STDs, 99.3% did not use a condom during the last sexual intercourse, and 61.5% did not feel vulnerable to infections of this type. The multiprofessional team presented low knowledge about the sexuality approach of the elderly. The applied methodology is epidemiological, transversal, qualitative and quantitative descriptive. Data collection was performed by structured and validated questionnaires. In the analysis of the quantitative data the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) program was used, and the qualitative analysis was the Collective Subject Discourse (DSC) technique.