A tomada de decisão em projetos: um estudo exploratório sobre o processo de identificação de riscos

The decisions are central space within organizations and become more complex under conditions of uncertainty. This implies that to meet the demand for the success and quality of decisions should establish a decision-making process that will have as core elements of these decisions the scenarios, the...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Napolitano, Domingos Márcio Rodrigues lattes
Orientador/a: Rabechini Junior, Roque lattes
Banca: Rabechini Junior, Roque lattes, Freitas, Franciane Silveira lattes, Jugend, Daniel lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Nove de Julho
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Projetos
Department: Administração
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://bibliotecadigital.uninove.br/handle/tede/1377
Citação:Napolitano, Domingos Márcio Rodrigues. A tomada de decisão em projetos: um estudo exploratório sobre o processo de identificação de riscos. 2014. 94 f. Dissertação( Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão de Projetos) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Resumo Português:As decisões ocupam um espaço central nas organizações e tornam-se mais complexas em condições de incerteza. Isto que implica que para atender a demanda pelo sucesso e qualidade das decisões deve-se estabelecer um processo decisório que terá como elementos centrais os cenários destas decisões, as alternativas e seus impactos. Por outro lado a teoria e prática de gerenciamento de projetos busca gerenciar riscos por meio de ferramentas que permitam aos gerentes de projetos realizarem escolhas sobre as ações que possibilitem atingir os objetivos dos projetos. Neste sentido, existem diversos estudos, que evidenciam a influência das práticas de gestão de riscos no sucesso dos projetos. A gestão de riscos é composta por processos de planejamento, identificação, análise, planejamento das respostas e monitoramento e controle. A importância do processo de identicação reside na dependência das fases subsequentes de todos os seus resultados, bem como das decisões tomadas sobre os mesmos. Assim ao identificar os riscos serão necessárias decisões que viabilizem seu tratamento objetivando o sucesso do projeto. Neste contexto o presente trabalho estudou a influência do processo de identificaçãode riscos nas decisões sobre os riscos em projetos. O estudo foi baseado numa revisão bibliográfica sobre a gestão de riscos em projetos e sobre as características da tomada de decisão em situações de risco, que possibilitou operacionalizar um constructo e as respctivas hipóteses do estudo. Deste modo, foi definido um instrumento de pesquisa, delineado por meio de um levantamento tipo survey, para o qual se obtiveram 35 respostas válidas. Os resultados forma analisados por meio de técnicas estatísticas, que confirmaram duas das três hipóteses formuladas. As principais conclusões foram que, ao menos para a amostra pesquisada, as práticas do processo de identificação de riscos em projetos influênciam nas decisões de riscos em projetos, que podem ser baseadas em elementos básicos da teoria da decisão. Neste sentido também se verificou que essas mesmas práticas influênciam de modo positivo a eficácia das decisões ao menos na forma como são percebidas pelos respondentes do questionário. Da análise dos dados obtidos observou-se que há uma tendência de uso frequente de elementos do planejamento do projeto como cronogramas e estimativas de custo, mas o mesmo não foi observado no uso de ferramentas e técnicas específicas da gestão de riscos. Com relação às decisões tomadas observou-se que há uma tendência de considerar os impactos nos custos com maior frequência do que em prazo, escopo ou qualidade. Recomendam-se futuros trabalhos sobre o tema das relações entre as práticas de gestão de riscos e as decisões dos gerentes de projetos já que na bibliográfia consultada verificaram-se poucos estudos sobre o assunto.
Resumo inglês:The decisions are central space within organizations and become more complex under conditions of uncertainty. This implies that to meet the demand for the success and quality of decisions should establish a decision-making process that will have as core elements of these decisions the scenarios, the alternatives and their impacts . On the other hand the theory and practice of project management seeks to manage risks through tools and techiniques that enable project managers perform choices on the actions that enable to achieve project objectives. In this sense, there are many studies that suggest the influence of risk management practices in successful projects. Risk management consists of planning, identification, analysis, planning responses and monitoring and control. The importance of the identication process is dependent on the subsequent phases of all their results and the decisions made about them. So when identifying risks decisions that enable their treatment aiming the project's success will be needed. In this context, the present work studied the influence of risk identification in the decisions about the risks in projects. The study was based on a literature review of risk management in projects and the characteristics of decision-making in risky situations , which made it possible to operationalize a construct and respctivas study hypotheses . Thus, it was defined a research tool outlined by a survey type lift, for which valid responses were obtained 35. Results were analyzed using statistical techniques, confirmed that two of the three hypotheses. The main findings were that, at least for the sample studied, the practices of the risk identification process project risk influence decisions on projects, which may be based on basic elements of decision theory. In this sense it was also found that these same practices positively influence the effectiveness of decisions at least in the way they are perceived by the respondents of the questionnaire. The data analysis it was observed that there is a tendency to frequent use of elements of project planning and timelines and cost estimates, but the same was not observed in the use of specific tools and techniques of risk management. With respect to decisions we observed that there is a tendency to consider the cost impacts more frequently than the impacts in time, scope or quality. Are recommended further work on the issue of the relationship between risk management practices and decisions of project managers in the bibliography since there have been few studies on the subject.