RESIDENCIAL GOIÂNIA VIVA: UMA PROPOSTA DE REINSERÇÃO SOCIOESPACIAL (1990).

A questão habitacional em Goiânia é um dos principais problemas relacionados à urbanização. Uma cidade marcada por ocupações irregulares, aonde as políticas habitacionais vêm tentando sanar esse problema, produzindo inúmeras habitações, com a finalidade de relocar posseiros e oferecer oportunidades...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Rodrigues, Leandra de Brito lattes
Orientador/a: Boaventura, Deusa Maria Rodrigues lattes
Banca: Mello, Marcia Metran de lattes, Moysés, Aristides lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Programa: Desenvolvimento e Planejamento Territorial
Department: Ciências Exatas e da Terra
Assuntos em Portugês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://localhost:8080/tede/handle/tede/2824
Citação:RODRIGUES, Leandra de Brito. RESIDENCIAL GOIÂNIA VIVA: UMA PROPOSTA DE REINSERÇÃO SOCIOESPACIAL (1990).. 2014. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2014.
Resumo Português:A questão habitacional em Goiânia é um dos principais problemas relacionados à urbanização. Uma cidade marcada por ocupações irregulares, aonde as políticas habitacionais vêm tentando sanar esse problema, produzindo inúmeras habitações, com a finalidade de relocar posseiros e oferecer oportunidades à população de baixa renda. Essa pesquisa visa apresentar uma proposta diferenciada que aconteceu no Residencial Goiânia Viva, na década de 1990, através de alguns programas habitacionais que utilizaram materiais alternativos e buscaram a inserção da população no trabalho. Foi um período de tentativas que se contrapôs ao que têm sido visto nos dias atuais - um trabalho repetitivo e que demonstra pouca evolução. Ênfase especial é dada ao PROTECH, programa que teve como objetivo a implantação de Vilas Tecnológicas nas principais cidades brasileiras, um modelo que deveria direcionar os próximos programas habitacionais, mas que não foi levado adiante em Goiânia. As experiências de outras cidades também revelam dificuldades dos mais diversos tipos nesse trabalho de inovação, onde a identificação das mesmas se torna necessária para aprimorar propostas futuras.