EMPREENDEDORISMO E PLANEJAMENTO URBANO: A FACULDADE UNIVERSO EM GOIÂNIA

This work intends to study the urbanistic meaning in the post-modern condition and his implications in connection with the urbanistic space, in particular Goiânia, with emphasis on the action of the contractors. This study distinguishes the considerations of authors as Hall (2005), Castells (1999),...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Guimarães, Jonas Henrique Lobo lattes
Orientador/a: Peixoto, Elane Ribeiro lattes
Banca: Cavalcanti, Lana de Souza lattes, Barbosa, Ycarim Melgaço lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Programa: Desenvolvimento e Planejamento Territorial
Department: Ciências Exatas e da Terra
Assuntos em Portugês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://localhost:8080/tede/handle/tede/2854
Citação:GUIMARÃES, Jonas Henrique Lobo. EMPREENDEDORISMO E PLANEJAMENTO URBANO: A FACULDADE UNIVERSO EM GOIÂNIA. 2008. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2008.
Resumo Português:Este trabalho dedica-se ao estudo do pensamento urbanístico, na condição pós-moderna, e de suas implicações no espaço da cidade, particularmente em Goiânia, com ênfase na ação do empreendedor. Destacam-se neste estudo as reflexões de autores como Hall (2005), Castells (1999), Sassen (1998) e outros. A nova forma de pensar o planejamento urbano transformou a cidade em mercadoria, por meio da criação de instrumentos urbanos, presentes nas legislações federais e municipais, que viabilizaram a negociação do espaço urbano por meio da parceria público-privada. Este estudo orienta-se para a compreensão dos princípios do empreendedorismo urbano surgido na Europa e nos Estados Unidos nos anos de 1980.
Resumo inglês:This work intends to study the urbanistic meaning in the post-modern condition and his implications in connection with the urbanistic space, in particular Goiânia, with emphasis on the action of the contractors. This study distinguishes the considerations of authors as Hall (2005), Castells (1999), Sassen (1998) and others. The new way to reflect on urbanistic planning transformed the city in merchandise through the creation of urbanistic instruments in the federal and municipal legislations, allowing to negotiate the urban space through public and private partnerships. This study gives directions to an understanding of the principles of the urbanistic enterprise originated in Europe and the United States in de years 1980.