URBANIZAÇÃO CORPORATIVA EM GOIÂNIA -EMPREENDIMENTOS LOUZA

With the accelerated process of globalization, the last decades have been watched with intense urbanization, where the cities reaffirm its job as spaces that came gradually adapting to the changes. At this last advanced phase of capitalism, we have seen that beyond the race of production and consump...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Achcar, Edy Lamar Waldemar da Silva lattes
Orientador/a: Barbosa, Ycarim Melgaço lattes
Banca: Pasqualetto, Antonio lattes, Rodrigues, Arlete Moyses lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Programa: Desenvolvimento e Planejamento Territorial
Department: Ciências Exatas e da Terra
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://localhost:8080/tede/handle/tede/2862
Citação:ACHCAR, Edy Lamar Waldemar da Silva. URBANIZAÇÃO CORPORATIVA EM GOIÂNIA -EMPREENDIMENTOS LOUZA. 2008. 136 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, GOIÂNIA, 2008.
Resumo Português:Com o acelerado processo de globalização da economia, as últimas décadas têm assistido a intensa urbanização, onde as cidades reafirmam seu papel como espaços que vem paulatinamente se adaptando as mudanças. Nesta última fase avançada do capitalismo, vimos que além da corrida pela produção e consumo, está declarada a disputa entre cidades, para tornarem-se espaços atraentes, para esse capital transnacional e volátil. Daí a necessidade de pensar e intervir estrategicamente nas cidades, para criar ambientes competitivos a partir dos grandes empreendimentos susceptíveis aos grandes negócios, às grandes transações econômicas e com isso gerar processos corporativos na organização espacial da cidade. O Planejamento Estratégico, ferramenta utilizada na gestão empresarial, passou a ser o elemento norteador das ações de agenciamento do espaço urbano, regido pelos princípios mercadológicos. A partir daí a cidade de Goiânia, passa a expressar as transformações sócio-espaciais presentes na conformação de um novo ordenamento territorial, pautado no corporativismo urbano, na especulação imobiliária e no intenso empreendedorismo privado, levando a cidade a se equiparar às chamadas city marketing. Diante disso, a análise da evolução dos governos do Bem-Estar Social até os governos neoliberais e as novas formas de se conceber o urbano, incorporando os princípios de gestão estratégica, tornou possível elaborar a base teórica e empírica de nosso trabalho.
Resumo inglês:With the accelerated process of globalization, the last decades have been watched with intense urbanization, where the cities reaffirm its job as spaces that came gradually adapting to the changes. At this last advanced phase of capitalism, we have seen that beyond the race of production and consumption is declared the dispute between cities to become attracting spaces of this transnational and volatile capital. Thus, the necessity to think and strategically intervene at cities to create competitive environments starting from great entrepreneurship susceptive to great businesses and great economic transactions, with this generating corporative processes at spatial city organization. The strategic plan, tool, utilized in the business management, began to be an element that heads the actions of management of urban space guided by the principles of marketing. As a result, the city of Goiania begins to express the Social- Spatial transformations, present at conformation of a new territorial, ordainment, cited at urban corporatism, in the real state speculation and in the intense private investment, taking the city to equip the so called city marketing. Before this, the analysis of the evolution of Social Well-Being government and even the neoliberal government and the new forms to conceive the urban, incorporating the principles of strategic management, it became possible to elaborate the theoretically base and empiric of our job.