A CRISE DA COMUNIDADE NA RELIGIOSIDADE PÓS-MODERNA SOB A PERSPECTIVA DE ZYGMUNT BAUMAN.

The objective of this dissertation is based on the perception of Zygmunt Bauman about modernity and community, in how to investigate the notion of religious community in the horizons of modernity. It is a presentation of how religion has been presented in the modern liquid scenario described by Baum...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Milhomem, Fredson Coelho Heymbeeck lattes
Orientador/a: Moreira, Alberto da Silva lattes
Banca: Passos, Paulo Rogerio Rodrigues lattes, Sofiati, Flávio Munhoz lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Programa: Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Ciências da Religião
Department: Escola de Formação de Professores e Humanidade::Curso de Teologia
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3519
Citação:Milhomem, Fredson Coelho Heymbeeck. A CRISE DA COMUNIDADE NA RELIGIOSIDADE PÓS-MODERNA SOB A PERSPECTIVA DE ZYGMUNT BAUMAN.. 2016. [154 f.]. Dissertação( Programa de Pós-Graduação STRICTO SENSU em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de Goiás, [Goiânia - GO] .
Resumo Português:O objetivo desta dissertação é a partir da percepção de Zygmunt Bauman sobre modernidade e comunidade investigar a noção de comunidade religiosa nos horizontes da modernidade. É uma apresentação do quadro de como a religiosidade tem se apresentado no cenário líquido moderno descrito por Bauman. Para isso, utilizaremos os conceitos baumanianos de modernidade e comunidade. No decorrer deste trabalho iremos abordar a condição líquido-moderna, no que se refere às novas formas de comunitarização, o surgimento de novas instâncias do coletivo, bem como o processo de ressignificação da identidade individual e seu efeito nas relações comunitárias. A questão central é investigar se existe uma crise do comunitário na religiosidade pós-moderna. É uma pesquisa bibliográfica que se desdobrará sobre a perspectiva de Zygmunt Bauman sobre seus conceitos de modernidade e comunidade como referencial teórico central. Uma vez fundamentado o conceito de modernidade e comunidade os orientaremos sobre os dados do Censo Religioso de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) concatenando-os com a perspectiva Baumaniana. Os conceitos expostos nessa pesquisa como o de modernidade líquida, de leveza das relações, de liquidez dos laços, da instantaneidade, da ditadura da escolha, da tirania do momento, da adiaforização, da liberdade objetiva e subjetiva, do entendimento compartilhado, dos conceitos zumbis da modernidade como comunidade, individualidade, emancipação, relação tempo/espaço e trabalho, forneceram informações importantes na análise do nosso tempo e de nossa sociedade. Nos leva a concluir que aparentemente há uma ressignificação do que entendemos hoje como comunidade religiosa. Essas comunidades não findaram com o advento da modernidade. Pelo contrário, ao analisar os dados do Censo do IBGE (2010) percebemos uma busca por pertencimento. No entanto, os mecanismos pelos quais se mantém a força vinculante nessas novas comunidades mudaram. Se na antiga comunidade a força vinculante era orgânica e mediada pelo entendimento compartilhado, na modernidade líquida qualquer força vinculante numa comunidade religiosa é dependente de habilidades individuais de seus integrantes e de sua capacidade de resistir às ofertas do concorrente mercado religioso.
Resumo inglês:The objective of this dissertation is based on the perception of Zygmunt Bauman about modernity and community, in how to investigate the notion of religious community in the horizons of modernity. It is a presentation of how religion has been presented in the modern liquid scenario described by Bauman. For this, we will use bauman‘s concepts of modernity and community. In this dissertation (text) we‘ll discuss the liquid-modern condition, reffering to the new forms of communitarisation, the emergence of new instances of the collective as well as the new meaning of the process of the individual identity and its effect on community relations. The central issue is to investigate if there is a community crisis in the post-modern religiosity. It is a bibliographic research that will unfold on the prospect of Zygmunt Bauman on the concepts of modernity and the community as a central theoretical referential. Once founded the concept of modernity and the community we will guide them about the datas of the Religious Census 2010 of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) ,connecting them with Bauman‘s perspective. The concepts exposed in this research as the liquid modernity ,the lightness of the relations ,the liquidity of the bonds, of the immediacy, of the dictatorship of the choice, of the moment tyranny, of the adiaforization ,of the objective and subjective freedom ,of the shared understanding of the concepts zombies of modernity as community, individuality, emancipation, time / space relation and work, provided important information on the analysis of our time and our society. It take us to conclude that apparently there is a new meaning of what we understand today as a religious community. These communities did not finish with the advent of modernity. Otherwise, when analyzing the IBGE Census data (2010) we realized a search for belonging. However, the mechanisms by which retains the binding strength of these new communities have changed. If in the old community the binding force was organic and mediated by the shared understanding, in liquid modernity any binding force in a religious community is dependent on individual skills of its members and their ability to resist the offers of the competitive religious market.