Ócio e trabalho redesenhando significados na longevidade

This thesis is an analysis of the concept of occupation, with the main foundation of Occupational Science, Occupational Therapy and Anthropology. The proof of its importance to the health and well-being is the foundation for a careful examination of the leisure class, through its historical and its...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Lima, Maria Amélia Ximenes Correia lattes
Orientador/a: Concone, Maria Helena Villas Bôas
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2271
Citação:Lima, Maria Amélia Ximenes Correia. Leisure and work: meanings redesigning longevity. 2011. 181 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Resumo Português:Esta Tese faz uma análise do conceito de ocupação, tendo como alicerce principal a Ciência Ocupacional, a Antropologia e a Terapia Ocupacional. A comprovação da sua importância para a saúde e o bem-estar é fundamento para um exame cuidadoso da categoria ócio, através de seu resgate histórico e de seus modelos propostos por estudiosos do tema, tornando evidente a sua importância enquanto ocupação significativa para a velhice. O trabalho se apresenta no mundo longevo, decorrente da necessidade financeira ou pelo prazer de continuar na ativa. A dificuldade de administração do tempo livre, após a aposentadoria, é um dos desafios próprios do envelhecer. Em consequência o tempo e o tédio surgem como males na longevidade. A experiência do ócio é apontada como proposta para o desenvolvimento pessoal dos idosos. O redesenho do ócio e o do trabalho emergem como elementos de ressignificação da velhice
Resumo inglês:This thesis is an analysis of the concept of occupation, with the main foundation of Occupational Science, Occupational Therapy and Anthropology. The proof of its importance to the health and well-being is the foundation for a careful examination of the leisure class, through its historical and its models proposed by scholars of the subject, making clear its importance as a meaningful occupation for old age. The work is presented in the world longevity due to financial need or for the pleasure of staying in the game. The difficulty of managing their free time after retirement is one of the challenges inherent in aging. As a result the time and boredom apper as evils in longevity. The experiense of leisure is identified as personal development for the elderly. The redesign of leisure and work emerge as elements of redefinition of old age