A revista EXAME: a mídia de negócios numa dimensão política

This investigation is substantiated in the concept of "Symbolic Enterprisation" (SE)' formulated by this author, that points out the executive and entrepreneur that hold the power to expand the values and principles which guide the corporate activities. As symbolic representatives of...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Frederico, Ronaldo lattes
Orientador/a: Chaia, Miguel Wady
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3624
Citação:Frederico, Ronaldo. A revista EXAME: a mídia de negócios numa dimensão política. 2015. 190 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Resumo Português:Esta investigação está fundamentada no conceito de Empresarização Simbólica (ES), formulada por este autor, que aponta o executivo e o empresário detentores do poder de espraiar os valores e princípios que norteiam as atividades corporativas. Como representantes simbólicos da realidade econômica capitalista, com interesses e necessidades específicas para sua empresa visando atingir (e ultrapassar) as metas financeiras impostas pelo mercado, a mídia - neste estudo concentrado na revista Exame - constitui-se a força motriz da propagação e produção do discurso aos empresários e executivos de negócios. Este trabalho abarca ainda como recurso metodológico o conceito de Representações Midiáticas (RM) que auxiliou na análise de 25 edições e 57 artigos publicados, entre janeiro e dezembro de 2008, na revista Exame, que versassem sobre a crise econômica e os chamados valores empresariais (acumulação de capital e aumento de lucratividade, criação de valor para acionistas e quotistas, responsabilidade social lucrativa, crescimento sustentável, inovação, vantagem competitiva, etc.). Esta investigação aponta para uma atuação paradoxal, mas não incoerente da revista Exame, representada pelo alto escalão executivo da empresa, flexibilizando e subordinando o discurso político aos interesses financeiros da mídia de negócios. A revista Exame reforça e propaga os chamados valores empresariais e eleva os executivos e empresários a uma categoria de indivíduos dotados de características e capacidades raras os quais possuem condições de auxiliar o país a transpor o momento, entendido por muitos como a maior crise financeira da história, e seguir seu rumo em direção ao crescimento e, consequentemente, aumento nas margens de lucro das empresas
Resumo inglês:This investigation is substantiated in the concept of "Symbolic Enterprisation" (SE)' formulated by this author, that points out the executive and entrepreneur that hold the power to expand the values and principles which guide the corporate activities. As symbolic representatives of the capitalist economic's reality, with interests and specific needs for their company aiming to achieve (and outrun) the financial goals imposed by the market, the media - in this study concentrated on the Exame magazine - constitutes the driving force of the speech's propagation and production to the business entrepreneurs and executives. This work embraces as methodological resource the concept of Media's Representations (MR) that helped in the analysis of 25 editions and 57 published articles, between January and December of 2008, in the Exame magazine, that versed abut the economic crisis and the so called corporate values (accumulation of capital and profitability rising, value creation for shareholders and stockholders, social and profit responsibility, sustainable growth, innovation, competitive advantage, etc.). This investigation point to a paradoxical acting, but not incoherent by the Exame magazine, represented by the high-level company's executive, easing and subordinating the political speeches to the financial interests of the business media. The Exame magazine reenforces and spreads the so called company values and raises the executives and entrepreneurs to a individuals equipped with rare capacities and characteristics category, which are capable of helping the country to transpose the momentum, understood by many as history's biggest financial crisis, and continue their way to growth and, consequentially, the rising of companies' profit margin