Ensino de ciências naturais, livros didáticos e imagens: investigando representações de gênero

The research Teaching Natural Sciences, Textbooks and Images: Investigating Representations of Gender reported on this thesis has the objective of analizing the gender representations on the images of Science textbooks from 6 ° to 9 ° grade of elementary school. The books while pedagogical resources...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Dias, Zaida Barros lattes
Orientador/a: Garcia, Carla Cristina
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2496
Citação:Dias, Zaida Barros. Ensino de ciências naturais, livros didáticos e imagens: investigando representações de gênero. 2014. 189 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Resumo Português:A pesquisa Ensino de Ciências Naturais, Livros Didáticos e Imagens: Investigando Representações de Gênero tem como objetivo analisar as representações de gênero nas imagens dos livros didáticos de Ciências de 6° a 9° ano do ensino fundamental. Os livros enquanto recursos pedagógicos mais utilizados pel@s professor@s contribuem para a transmissão e construção do conhecimento e podem influenciar na formação e transformação da identidade d@s alun@s. A escolha pelas imagens respalda-se na compreensão de que estas carregam representações, discursos, práticas, condutas, modos de vida que contribuem para a formação das identidades de gênero. O gênero é concebido como uma construção social, cultural e histórica, conforme propõe Scott (1995); as representações como uma modalidade de conhecimento que revelam valores, crenças e interpretações sobre um objeto (MOSCOVICI, 1978) e os discursos como práticas que envolvem relações de poder e produção de saber (FOUCAULT, 2001). As imagens foram situadas em oito eixos definidos com base na incidência de figuras humanas em situações ligadas à ciência, trabalho, artefatos tecnológicos, esporte, corpo, sexualidade, família e interações sociais. As análises dos eixos possibilitaram a constatação de que as imagens, em sua maioria, perpassam discursos ligados a constituição biológica de homens e mulheres, desconsiderando as construções históricas, sociais e culturais na construção das identidades. O sexo funciona como um critério de diferenciação, reforçando a dicotomia homem/mulher, impondo-lhes normas e comportamentos, promovendo e reforçando a naturalização de desigualdades nas relações de gênero nos diferentes espaços e segmentos da sociedade. Tais constatações demonstram que os livros didáticos pesquisados desconsideram as transformações sociais, bem como as mudanças nas relações de gênero na atualidade, contribuindo para a manutenção de preconceitos e estereótipos. Considera-se, portanto, ser necessário um olhar mais crítico para as imagens veiculadas nos livros didáticos de Ciências para que se possam problematizar os discursos que sustentam diferenças e preconceitos nas relações de gênero subentendidos nestas imagens
Resumo inglês:The research Teaching Natural Sciences, Textbooks and Images: Investigating Representations of Gender reported on this thesis has the objective of analizing the gender representations on the images of Science textbooks from 6 ° to 9 ° grade of elementary school. The books while pedagogical resources used by teachers contribute to the conveyance and construction of knowledge and can influence the formation and transformation of student´s identity. The Images choice draws upon the understanding that they convey representations, discourses, practices, behaviors, lifestyles that contribute to the formation of gender identities. The gender is conceived as a social, cultural and historical framing,as proposed by Scott; representations as a way of knowledge that reveal values, beliefs and interpretations of an object (Moscovici) and speeches as practices which involve relations of power and production of knowledge (Foucault). The images were located in eight defined axes based on the incidence of human figures in situations conected to science, work, tecnological devices, body, sexuality, family and social interaction. The axes´analysis allowed the observation that the images, mostly permeate discourses linked to biological constitution of men and women, disregarding historical, social and cultural framing to build up identities. The gender is used to reinforce the dicotomy between men and women imposing them standards and behaviours, promoting and strengthening the inequality in gender relations in different areas and segments of society. These findings show that the textbooks surveyed, currently disregard not only the social transformations but also the changes related to gender, contributing therefore to the maintenance of prejudices and stereotypes. Therefore, it is necessary to be more critical regarding the images conveyed on science textbooks so as to have the possibility of analising the contents that support the ideas of differences and prejudices among genders shown on these images