Os Cadernos do povo brasileiro e o debate nacionalista nos anos 1960: um projeto de revolução brasileira

The purpose of this research was to analyse the Cadernos do povo brasileiro , published between 1962 and 1964, and arranged in 28 books. This publication was sponsored in ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64), by Civilização Brasileira Publishing House. Our objective was to analys...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Lovatto, Angélica lattes
Orientador/a: Almeida, Lúcio Flávio Rodrigues de
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/3033
Citação:Lovatto, Angélica. Os Cadernos do povo brasileiro e o debate nacionalista nos anos 1960: um projeto de revolução brasileira. 2010. 385 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Resumo Português:O objeto de estudo da presente pesquisa foi a Coleção Cadernos do povo brasileiro, publicados de 1962-64, num total de 28 volumes. Esta publicação nasceu no ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64) e editada Civilização Brasileira. Nosso objetivo foi analisar a função social dos Cadernos no período do nacionalismo-reformista, durante o governo João Goulart em meio à luta pelas chamadas reformas de base. A intensa divulgação da Coleção propiciou marcante presença no debate da época, num período de intensa politização. As perguntas que nortearam esta pesquisa foram: 1) Os autores dos Cadernos articularam o nacionalismo à luta democrática numa formação social subordinada conferindo a esta luta, ao mesmo tempo, um caráter socialista ou apresentaram este nacionalismo apenas como uma luta do povo, esvaziando o significado da formação social através da eliminação de seu caráter de classe? 2) Os Cadernos do povo brasileiro expressaram de algum modo um ascenso das lutas populares no período do pré-1964 ou foram mera reprodução de um movimento de agitação e propaganda? Nossa hipótese em relação à primeira pergunta é de que os dois casos estão presentes na Coleção, embora tenha prevalecido a defesa de uma luta de caráter democrático-popular em detrimento da luta de caráter socialista. Nossa hipótese em relação à segunda pergunta é a de que os Cadernos cumpriram uma importante função social nas lutas sociais do período
Resumo inglês:The purpose of this research was to analyse the Cadernos do povo brasileiro , published between 1962 and 1964, and arranged in 28 books. This publication was sponsored in ISEB Instituto Nacional de Estudos Brasileiros (1955-64), by Civilização Brasileira Publishing House. Our objective was to analyse the social function of that publication in the period of nationalist-reformism, during the government of João Goulart, in which occurred discussions of structural reforms in the brazilian society. The intensive popularization of that collection made feasible those discussions, in a moment of strong politicization. The questions that oriented this research were: 1) Have the authors correlated the nationalism to the democratic struggle in a subordinated social formation, granting to it a socialist character, or have them presented this nationalism only as a popular movement, reducing the meaning of this social formation through the elimination of its class character?; 2) Have the Cadernos do povo brasileiro represented an advancing of popular movements in the period before-1964, or have them been a simple reproduction of an advertising of turmoil movement? Our hypothesis regarding the first question is that both cases are present on the collection, although it predominated the idea of a popular democratic struggle, instead of a socialist movement. Our hypothesis regarding the second question is that this publication established an important social function in the social struggles of the period