A Imprensa Negra Paulista e a educação: um movimento de resistência?

This dissertation is part of the concerns about racism forms and the historical resistance of the black population, to fighting against this phenomenon allows us to understand and formulate one of black identities in Brazil. To this end, the relations of power established between the different ethni...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Sales, Ricardo Ramos lattes
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2507
Citação:Sales, Ricardo Ramos. A Imprensa Negra Paulista e a educação: um movimento de resistência?. 2015. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Resumo Português:A presente dissertação faz parte das inquietações em relação às formas de racismo e a resistência histórica da população negra que, ao combater tal fenômeno, nos permite compreender e formular uma das identidades negras no Brasil. Para tal, as relações de poder estabelecidas entre os diferentes grupos étnicos configura uma das vertentes para a análise proposta por este trabalho. Buscamos compreender as manifestações e divulgação do pensamento negro, do início do século XX, através de um dos instrumentos deste agrupamento, a Imprensa Negra Paulista. A partir de nossa análise, identificamos dois aspectos intrínsecos no projeto desta imprensa: a educação e o combate ao racismo. No entanto, a concepção de educação dessa liderança negra, que formou-se a partir da imprensa negra, mostrou-se ampla, ao mesmo tempo que defendia a escolarização em determinados momentos, gerava ações não escolarizadas que promoviam igual educação em outros. Foi justamente essa concepção ampliada de educação que permitiu promover um combate ao racismo utilizando-se da mesma arma dos brancos: a instrução. É a partir destes dois aspectos do projeto da Imprensa Negra Paulista que este trabalho pretende contribuir com os estudos acerca das questões étnico raciais e do combate ao racismo pela população negra
Resumo inglês:This dissertation is part of the concerns about racism forms and the historical resistance of the black population, to fighting against this phenomenon allows us to understand and formulate one of black identities in Brazil. To this end, the relations of power established between the different ethnic groups set up one of the strands to this analysis proposed by this work. We seek to understand the demonstrations and dissemination of black thought, the early twentieth century, through one of the instruments of this group, the Imprensa Negra Paulista. From our analysis, we identified two inherent aspects in the project of this press release: education and the fight against racism. However, the concept of education that black leadership, which was formed from the black press, demonstrated to be wide, while defending schooling at certain times, has generated non schooled actions that promoted equal education in others. It was precisely this expanded vision of education that allowed promote the combat against racism using the same weapon of the white people: the education. It is from these two aspects of the Imprensa Negra Paulista project that this work aims to contribute to the studies about race and ethnic issues of combating racism by black population