Trânsito em São Paulo: abordagem histórica e consequências sociais

This work is inserted into the debate about urban mobility, addressing more specifically urban mobility in the city of São Paulo. One of the largest and more populous cities in the world suffers from a continuing problem, the difficulty of urban mobility. São Paulo is facing a high level of dependen...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Nogueira, Fernando Reis
Orientador/a: Bógus, Lucia Maria Machado
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3559
Citação:Nogueira, Fernando Reis. Trânsito em São Paulo: abordagem histórica e consequências sociais. 2014. 98 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Resumo Português:Este trabalho se inscreve no debate acerca da mobilidade urbana, tratando mais especificamente da mobilidade urbana na cidade de São Paulo. Uma das maiores e mais populosas cidades do mundo sofre de um problema constante, a dificuldade de mobilidade urbana. São Paulo enfrenta um nível alto de dependência do transporte individual, deficiência na implantação de um planejamento específico durante e para o crescimento urbano e falta de infraestrutura em transporte coletivo. Nesta pesquisa, reconstruímos historicamente o crescimento da cidade de São Paulo, buscando desvendar o surgimento e as principais causas desta problemática urbana: a mobilidade em megalópoles. O estudo busca também compreender algumas das dimensões do planejamento urbano ou a falta dele e a evolução das formas de mobilidade urbana ao longo do século XX e na contemporaneidade
Resumo inglês:This work is inserted into the debate about urban mobility, addressing more specifically urban mobility in the city of São Paulo. One of the largest and more populous cities in the world suffers from a continuing problem, the difficulty of urban mobility. São Paulo is facing a high level of dependence on individual transportation, deficiency in the implementation of a specific planning during and for the urban growth and lack of infrastructure of the public transportation. In this research, historically reconstruct the growth of the city of São Paulo, seeking to unfold the rise and the main causes of this urban problem: the mobility in megacities. The study also seeks to understand the various dimensions of urban planning or lack thereof, and the evolution forms of urban mobility throughout the century and contemporaneously