Formação do movimento indígena “Congresso Nacional Indígena” em San Cristóbal de Las Casas, Chiapas

The aim of this thesis focus in analyse the construction of an indigenous popular movement in the city of San Cristobal de Las Casas, state of Chiapas, Mexico, composed by the Tzeltales, Choles, Tojolabales, Lacandones, Tzotzil, Mochos e Zoques, people of the Mesoamerican civilization. Supported not...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Alonso, Victor Federico lattes
Orientador/a: Rangel, Lucia Helena Vitali
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Faculdade de Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22292
Citação:Alonso, Victor Federico. Formação do movimento indígena “Congresso Nacional Indígena” em San Cristóbal de Las Casas, Chiapas. 2019. 248 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Resumo Português:O objetivo desta tese consiste em analisar a construção de um movimento popular indígena na cidade de San Cristobal de Las Casas, estado de Chiapas, México, composto dos povos indígenas Tzeltales, Choles, Tojolabales, Lacandones, Tzotzil, Mochos e Zoques, da civilização mesoamericana, apoiado não só por padres jesuítas e dominicanos da diocese da referida cidade, intelectuais progressistas, como antropólogos, historiadores e perseguidos políticos dos anos 1970, que tem trazido algumas propostas inovadoras e extremamente interessantes para as pesquisas etnográficas. A principal inovação desse movimento popular reside em sua recusa pelo estado, ou seja, a negação da burocratização, do corporativismo, cujas propostas colaboraram decisivamente para a formação do Congresso Nacional Indígena (CNI), uma organização nacional indígena autônoma, liderada pela atual candidata avulsa à presidência da República do México, a indígena María de Jesús Patricio Martínez (Marichuy)
Resumo inglês:The aim of this thesis focus in analyse the construction of an indigenous popular movement in the city of San Cristobal de Las Casas, state of Chiapas, Mexico, composed by the Tzeltales, Choles, Tojolabales, Lacandones, Tzotzil, Mochos e Zoques, people of the Mesoamerican civilization. Supported not only by the Jesuits and the Dominican priests of city main dioceses and the progressive’s intellectuals like anthropologists, historians and politician persecuted of the state in the 70s who has brought some new and interesting proposes for ethnography researches. The main innovation of these popular movement is its refuse for the state. The negation of the bureaucratization and corporatism contributed for the formation of the Nation Indigenous Congress (CNI) an autonomous national indigenous organization, led by its actual candidate for the presidency of the Mexico republic. An indigenous called María de Jesús Patricio Martínez, Marichuy