Argentina: a restauração democrática e a indústria nacional

Argentina and Brazil are the South America s biggest nations, as well as the main partners of the Mercosul. The evolution of the Argentinean s industrialization process, have had a significant influence in the southern America development. However, looking at the relative region s backwardness, surg...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2005
Main Author: Larrañaga, Félix Alfredo
Orientador/a: Oliveira, Henrique Altemani de
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3808
Citação:Larrañaga, Félix Alfredo. Argentina: a restauração democrática e a indústria nacional. 2005. 244 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Resumo Português:Argentina, junto com o Brasil são as duas maiores nações da América do Sul e os parcei-ros principais do Mercosul. A evolução do processo de industrialização argentino teve uma marcante influência no desenvolvimento sul-americano. Porém, observando o atra-so relativo da região, surge uma série de perguntas sobre as causas do fraco grau de in-dustrialização e desenvolvimento, se comparado com os de outros países que se encon-travam, na segunda metade do século XIX, em uma situação inicial igual ou pior que as desse país. Porque isso tem acontecido? Quais foram as decisões de políticas públicas que tornaram isso possível? Qual foi a participação das elites políticas, econômicas e da sociedade no seu conjunto neste estado de coisas? Estas perguntas, assim como a procura de respos-tas para elas e outras dúvidas dessa natureza são o objetivo central do estudo do pro-cesso de industrialização da Argentina no período 1983/2004 e as causas da sua fragili-dade industrial. A análise mostra as diferentes atitudes políticas, econômicas e sociais que desembocam na situação na qual se encontra esse país, as lutas de interesses no seio da sociedade e a fragmentação do Estado no início do Século XXI, e sugere alguns caminhos para rever-ter essa situação. Palavras-Chave: desenvolvimento, industrialização, Estado, sociedade.
Resumo inglês:Argentina and Brazil are the South America s biggest nations, as well as the main partners of the Mercosul. The evolution of the Argentinean s industrialization process, have had a significant influence in the southern America development. However, looking at the relative region s backwardness, surge a series of questions about the causes of the low degree of industrialization and development, if compared with such of other countries which found themselves, in the second part of the XIX siecle, in a similar or worst condition than this country. Why this has happened? Which were the public policy decisions that turned this fact possible? Which was the participation of the political, economical and social decision maker groups in this behavior? These questions, as well as the search for adequate answers to them and another doubts of this nature, are the main objective of study of the argentinean industrialization process in the 1983/2004 period and the causes of her weakness. The analysis shows the different political, economical and social attitudes, which lead to the present situation, the interest conflicts and the State fragmentation at the beginning of the XXIth. Century, and suggests alternatives to revert it.