Pós-modernidade, Revista Movimento e a produção do conhecimento na educação física

In this dissertation, we now present, we investigate the impact of post-modern formulations in the production of knowledge in physical education, to analyze both the production of 10 (ten) years of the magazine Movimento, edited and published by School of Physical Education (ESEF) linked to the Fede...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Húngaro, Vitor lattes
Orientador/a: Garcia, Carla Cristina
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2323
Citação:Húngaro, Vitor. Pós-modernidade, Revista Movimento e a produção do conhecimento na educação física. 2012. 149 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Resumo Português:Na presente dissertação, que ora apresentamos, buscamos investigar o impacto das formulações pós-modernas na produção do conhecimento em Educação Física, para tanto analisamos a produção de 10 (dez) anos da Revista Movimento, editada e publicada pela Escola Superior de Educação Física (ESEF) vinculada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Para atingir os objetivos propostos primeiramente fez-se necessário um estudo sobre as transformações societárias recentes, que possibilitaram o surgimento da crítica pósmoderna; logo após explicitamos e empreendemos uma crítica à pós-modernidade. Num segundo momento efetuamos um percurso histórico do desenvolvimento da Educação Física no Brasil, tendo como ponto de inflexão a década de 1980. E por último, fizemos uma densa análise crítica sobre as publicações da revista, que apontou uma significativa influência da pós-modernidade nestas produções
Resumo inglês:In this dissertation, we now present, we investigate the impact of post-modern formulations in the production of knowledge in physical education, to analyze both the production of 10 (ten) years of the magazine Movimento, edited and published by School of Physical Education (ESEF) linked to the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS). To achieve the proposed objectives was necessary primarily a study of recent societal transformations that enabled the emergence of the postmodern critique, and soon after made explicit undertake a critique of postmodernity. In a second step we made a historical development of Physical Education in Brazil, with the inflection point of the 1980s. And finally, we had a dense critical analysis on the journal publications, which showed a significant influence of postmodernism in these productions