O sistema de classificação de cor e raça do estado brasileiro na formação da identidade afro-brasileira

The system of classification of color and race of the brazilian state in the training of afro-brazilian identity is a research that problematizes how the Brazilian state fomented racism in the course of its history and, in a very historical moment prevented, in others it discouraged and today it mak...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Oliveira, Paulo Edison de lattes
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Faculdade de Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20737
Citação:Oliveira, Paulo Edison de. O sistema de classificação de cor e raça do estado brasileiro na formação da identidade afro-brasileira. 2017. 117 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Resumo Português:O sistema de classificação de cor e raça do estado brasileiro na formação da identidade afro-brasileira é uma pesquisa que problematiza como o estado brasileiro fomentou o racismo no decorrer da sua história e, em muitos momentos históricos, impediu ou desencorajou e ainda dificulta que os afro-brasileiros se religuem com sua ancestralidade. A pesquisa está dividida em quatro capítulos. No capítulo 1, A diáspora africana: da humanidade a desumanização, há uma reflexão sobre o processo de desumanização que esses povos africanos sofreram e sofrem, sobretudo pelas instituições. No capítulo 2, O Racismo no Brasil Contemporâneo, constam relatos de dados surpreendentes que, em pleno século XXI, permanecem impedindo a humanização do ser humano. O capítulo 3, Identidade afro-brasileira: uma identidade dentre as diversas identidades, apresenta a complexa discussão de identidade no contemporâneo e a busca dos afro-brasileiros por um reencontro com sua origem. No capítulo 4, Os Censos do Estado brasileiro no contexto histórico: o sistema de classificação de cor e raça, há uma análise histórica sobre os quesitos de cor e raça nos documentos oficiais do estado brasileiro que define como a sociedade deve classificar os seus cidadãos. E, por fim, as considerações finais que nos apresenta questões ainda a serem resolvidas pela sociedade brasileira
Resumo inglês:The system of classification of color and race of the brazilian state in the training of afro-brazilian identity is a research that problematizes how the Brazilian state fomented racism in the course of its history and, in a very historical moment prevented, in others it discouraged and today it makes difficult that Afro-Brazilians relied on their ancestry. The research is divided into 5 chapters: i) The African Diaspora: From Humanity to Dehumanization, reflection on the dehumanization process that these African People suffered and suffer, particularly by Institutions; ii) Racism in Contemporary Brazil, a report of a surprising data that remains in the 21st century remains to prevent the humanization of the human being; iii) Afro-Brazilian Identity: an identity among diverse identities, the complex discussion of identity in the contemporary and the search of Afro-Brazilians for a reencounter with its origin. iv) The Brazilian State Census in the historical context: the system of classification of color and race, a historical analysis on the color and race requirements in official documents of the Brazilian state that defines how society should classify its citizens. The final considerations that present us with questions still to be solved by the Brazilian society