Memória alimentar de afro-descendentes, descendentes de poloneses e italianos na Cidade de Curitiba

In this study Nutritional Science was approached from another angle, Anthropology, through the theory of memory, the food memories of old people. The focus of this study was, therefore, the alimentary memory analysis of Curitiba s main population groups. The groups analysed were poles, italians and...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2005
Main Author: Santos, Ivan Domingos Carvalho
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3780
Citação:Santos, Ivan Domingos Carvalho. Memória alimentar de afro-descendentes, descendentes de poloneses e italianos na Cidade de Curitiba. 2005. 237 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Resumo Português:Ao olhar a Ciência da Nutrição sob uma outra ótica, busquei na Antropologia por meio da teoria da memória as lembranças alimentares de velhos. O foco desse estudo foi, portanto, a análise da memória alimentar dos principais grupos que constituíram Curitiba. Os grupos analisados foram os afro-descendentes, poloneses e italianos. O prazer deste estudo foi a descoberta de um mundo novo, de uma realidade alimentar repleta de sabores e dissabores. Um mundo que ainda tem muito a ser desvendado
Resumo inglês:In this study Nutritional Science was approached from another angle, Anthropology, through the theory of memory, the food memories of old people. The focus of this study was, therefore, the alimentary memory analysis of Curitiba s main population groups. The groups analysed were poles, italians and people of African descent. The amazing aspect of this study was the discovery of a new world, of on alimentary reality, full of taste and distaste. A world that still has a lot to be revealed