Juventude, pós-modernidade e declínio da autoridade paterna: visões do cinema contemporâneo

The objective of this work is to study the youth, for what it means to pass the family to the social world, and therefore show traces of social change. Our reflections on youth were located in the reading of social scientists, historians, psychoanalysts, and other authors, books, theses and scientif...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Braghini, Sergio Luis lattes
Orientador/a: Koltai, Caterina
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3295
Citação:Braghini, Sergio Luis. Juventude, pós-modernidade e declínio da autoridade paterna: visões do cinema contemporâneo. 2011. 159 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Resumo Português:O objetivo deste trabalho é o de estudar a juventude, pelo que ela implica de passagem do mundo familiar ao social, e pelo que mostra de vestígio das mutações sociais. Nossas reflexões sobre a juventude foram localizadas na leitura de cientistas sociais, historiadores, psicanalistas e outros autores, em livros, teses, e revistas cientificas em psicologia, ciências sociais e humanas. Tais leituras possibilitaram o caminho de reflexão sobre a questão da juventude na pós-modernidade e as implicações dos estudos sobre o declínio da imago paterna, na imagem que se faz da juventude. Perguntamos: é possível observar, por meio de um levantamento histórico, o declínio da autoridade paterna da forma como essa ideia se apresenta na tese de Jacques Lacan? Minha hipótese é a de que esses vestígios sobre o declínio da autoridade paterna estão registrados nas imagens dos filmes de ficção que demonstram os retratos sociais da juventude dos anos 1950 aos dias presentes. Para tanto, foi feita uma análise de filmes voltando os olhares para a cultura jovem entre os anos 1950 a 2008. Entende-se que um filme é produto cultural inscrito em um determinado momento sócio histórico, é por meio dele que amparo a minha tese. Nossa hipótese de que os vestígios sobre o declínio da autoridade paterna estão registrados nas imagens dos filmes de ficção se confirmou, mas não se confirmou que haveria um desaparecimento da função paterna, da forma como Lacan a teorizou após 1953. O que encontramos em nossa pesquisa é que o declínio da eficácia simbólica da função paterna não envolve necessariamente, a decadência da autoridade paterna. Podemos dizer que a crise de legitimidade de autoridade se encontra sem lugar, pois o referencial pós-moderno, o organizador como grande narrativa simbólica desse período no capitalismo tem sido o Mercado
Resumo inglês:The objective of this work is to study the youth, for what it means to pass the family to the social world, and therefore show traces of social change. Our reflections on youth were located in the reading of social scientists, historians, psychoanalysts, and other authors, books, theses and scientific journals in psychology, social sciences and humanities. These readings allowed the path of reflection on the issue of youth in post-modernity and the implications of studies about the decline of the paternal imago, the image that is made of youth. We asked: Is it possible to observe through a historical survey, the decline of paternal authority as to how this idea is presented in the thesis of Jacques Lacan? My hypothesis is that these remains on the decline of paternal authority are recorded in the images of fiction films that demonstrate the social portrait of youth to the present day. To this end, we conducted a film looks back to youth culture between the years 1950 to 2008. It is understood that film is a cultural product registered in a particular historical time partner, is through him that support my thesis. Our hypothesis that the traces on the decline of paternal authority are recorded in the images of fiction films has been confirmed, but not confirmed that there would be a loss of the paternal role, the way Lacan theorized after 1953. What we found in our research is that the decline of symbolic efficacy of the paternal function does not necessarily involve, the decline of paternal authority. We can say that the crisis of legitimacy of authority is no place, because the referential postmodern, as the organizer of great symbolic narrative of this period in capitalism has been the market