A virtude política na Terra de Santa Cruz: ambição e insolência na Gênese da República Nova

In the widespread rhetoric of consolidation masks a paradox inside of the brazilian political scenario: the republican system was build in the prewritten institutions on the Constituitional Letter of 1988 as a institucional arrangement and after twenty five years of exercise didn t crumble in front...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Gonçalves, Leandro Ramos lattes
Orientador/a: Nunes, Edison
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3698
Citação:Gonçalves, Leandro Ramos. A virtude política na Terra de Santa Cruz: ambição e insolência na Gênese da República Nova. 2015. 264 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Resumo Português:Na difundida retórica da consolidação se mascara um contrassenso do cenário político brasileiro: o sistema republicano se edificou nas instituições prescritas na Carta Constitucional de 1988 como arranjo institucional, e após vinte e cinco anos de exercício não se esfacelou frente as adversidades, como sempre foi típico da política no Brasil; todavia, pesquisas acerca do imaginário político do povo não se verifica notável evolução de um modo de vida efetivamente republicano que tenha se dado concomitante a estas instituições. Tendo em vista essa problemática, o presente trabalho tem por fim buscar compreender a experiência das coisas passadas e presentes a fim de verificar se o Estado brasileiro contemporâneo edificou regime voltado a liberdade de fato como se prescreve o direito. A metodologia vale-se aqui das categorias de Nicolau Maquiavel para análise, isto é, encarar a construção da Nova República, enquanto um Estado, que tem forma e matéria, gerado e ordenado a partir da Virtude dos grandes, enquanto príncipes, para o estabelecimento do hábito de comportamento do povo, a partir das ocasiões fornecidas por uma Fortuna dada no tempo
Resumo inglês:In the widespread rhetoric of consolidation masks a paradox inside of the brazilian political scenario: the republican system was build in the prewritten institutions on the Constituitional Letter of 1988 as a institucional arrangement and after twenty five years of exercise didn t crumble in front of adversity, like had always happened in Brazil s politics; however, researchs about people s political imaginary doesn t show a remarkable evolution of the republican way of life that happened among this institution. In view of this problematic, this work it s intented to try to understand the experience of the past and presente things, trying to verify if the contemporaneous brazilian State built this regime facing freedom like it was supposed to do. The methodology used was inspired by Niccolo Machiavelli s categories for analysis: facing the Nova Republica s as State, that has form and matter, build and orderly from the Virtue of the great, while princes, for the establishiment of the people, starting with the moment provided by Fortune during the period