Tekoa Pyau: uma aldeia Guarani na metrópole

This study aims at portraying one of the Guarani villages in Jaraguá district, in São Paulo city, the Tekoa Pyau, focusing on the history of its formation, from the perspective of a tekoa creation, analysing how the Guarani indigenous people could re-insert in the geographic space, culturalizing and...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2007
Main Author: Motta, Aline Villela de Mello lattes
Orientador/a: Arruda, Rinaldo Sérgio Vieira
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2716
Citação:Motta, Aline Villela de Mello. Tekoa Pyau: uma aldeia Guarani na metrópole. 2007. 160 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Resumo Português:Este estudo objetiva retratar uma das aldeias Guarani do bairro do Jaraguá, na cidade de São Paulo, o Tekoa Pyau, enfocando a história de sua formação na ótica da criação de um tekoa, analisando como se reinseriram no espaço geográfico e o culturalizaram, transformando-o em uma parte do universo Guarani. Além disso, procura entender como os Guarani compreendem a permanência no Jaraguá e sua inserção no meio urbano, como vêem o não índio e o futuro dessas relações, isto é, como articulam sua vida na metrópole e mantém a consonância com sua tradição. A aldeia localiza-se em uma área às margens da rodovia Bandeirantes, na zona oeste da capital paulista e possui poucos recursos para sua sobrevivência. Seus habitantes vivem, principalmente, da venda de artesanato e de doações esporádicas. A análise dos dados coletados parece indicar que os Guarani, ao mesmo tempo que lutam contra a entropia, contra o contato desordenado com os não indígenas, percebem o quão indispensável este contato é para sua sobrevivência. Com tudo isso, eles conseguem preservar suas tradições históricas e culturais, o que pôde ser percebido no decorrer da pesquisa e também na exposição da visão de futuro dos mais jovens
Resumo inglês:This study aims at portraying one of the Guarani villages in Jaraguá district, in São Paulo city, the Tekoa Pyau, focusing on the history of its formation, from the perspective of a tekoa creation, analysing how the Guarani indigenous people could re-insert in the geographic space, culturalizing and transforming it into a part of the Guarani universe. Moreover, the research aims at understanding how the Guarani comprehend their permanence in Jaraguá and their insertion in the urban area, how they see the non-indigenous people and the future of these relationships; that is to say how they manage their life in this metropolis and keep up their tradition. This village is located in an area on the margins of Bandeirantes highway, in the west part of the paulista capital, with few resources for their survival. Its inhabitants live, mainly, from the sale of handicrafts and some sporadic donation. The analysis of the collected data seems to indicate that the Guarani at the same time that they fight against the entropy and the messy contact with the non-indigenous people, they notice how essential this contact is for their survival. Taking all these aspects into consideration, they manage to keep their historical and cultural traditions, what could be noticed throughout this research and also in the presentation of the youngsters´vision of the future