Teatro de García Lorca: a arte que se levanta da vida

Was Federico García Lorca a political agent? This is the question that frames the research here presented. However, this question must be split in two in order to be properly answered: first, who was García Lorca, taking into account his life and work; second, the several possibilities for political...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Alves, Syntia Pereira lattes
Orientador/a: Chaia, Miguel Wady
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Ate
Assuntos em Inglês:
Art
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3363
Citação:Alves, Syntia Pereira. Teatro de García Lorca: a arte que se levanta da vida. 2011. 319 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Resumo Português:Federico García Lorca foi um agente político? Sobre este questionamento se desenvolve a presente pesquisa. Porém, para responder a essa pergunta, é fundamental dividi-la em duas, voltando um olhar para quem foi García Lorca levando em consideração sua vida e obra e outro olhar para as diversas possibilidades de atuação da política. A política não está apenas no âmbito institucional, mas permeia as relações dos indivíduos e sociedades, se faz presente nos âmbitos público e privado, alcançando e sendo alcançada pela arte. Artista trágico, Federico García Lorca é o foco central deste estudo. Para buscar a política em Lorca, é fundamental entender a relação de sua arte com a sociedade e a vida do escritor. Para tanto, a investigação parte de uma análise externa e uma análise interna a obra de Lorca. A análise externa mapeia a Espanha que antecede a Guerra Civil Espanhola, tendo em vista a importância desta época que se encontra refletida na obra de Lorca. Para análise interna foram escolhidas as obras teatrais Yerma e A casa de Bernarda Alba, sobre as quais é feita uma análise das relações das personagens entre si e os códigos sociais que essas obras expõem. Além disso, são usadas para dialogar com as obras teatrais algumas conferências e entrevistas do autor, com a finalidade de entender sua relação com a arte e com a sociedade. A arte de García Lorca, entoada pelo flamenco, dialogou com sua sociedade e recebeu resposta desta: seu fuzilamento. Mas Lorca não coube em seu tempo e espaço e transborda para os dias de hoje, seja por sua arte, profundamente inquietante, seja por sua morte, até hoje envolta em mistérios
Resumo inglês:Was Federico García Lorca a political agent? This is the question that frames the research here presented. However, this question must be split in two in order to be properly answered: first, who was García Lorca, taking into account his life and work; second, the several possibilities for political action. Politics is not restricted to the institutional realm, but permeates individual and societal relationships, being present both in public and private affairs, touching and being touched by art. A tragic artist, Federico García Lorca constitutes the main focus of this research. To find the politics in Lorca, it is essential to understand the relationship between his art and his life and society. With that in mind, the investigation starts from both external and internal analyses of Lorca's works. The external analysis explores Spain before its Civil War, given the importance of the period which is mirrored in Lorca's works. For internal analysis, the theatrical pieces Yerma and The House of Bernarda Alba were analyzed to investigate both the relationships among characters, and the social conventions shown in these works. Furthermore, a number of conferences and interviews with the author are employed in a dialogue with the theatrical works, with the goal of understanding his relationships with art and society. García Lorca's art, voiced by flamenco, communicated with his society and received an answer: death by firing squad. Lorca wasn't limited to his own time and space, but survives today, be it through his deeply disquieting art, or be it through his still mystery-shrouded death