Coronéis e compadres: família, poder e lealdade no sertão

This doctoral thesis aims to analyze, from a new perspective, the dynamics of social relations in a typical environment of the Brazilian rural interior, aimed more broadly understand the mechanisms that act on sociability and the political behavior of this population. Here, we propose a multidiscipl...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Souza Júnior, Zenildo Soares de lattes
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3659
Citação:Souza Júnior, Zenildo Soares de. Coronéis e compadres: família, poder e lealdade no sertão. 2015. 204 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Resumo Português:A presente tese de Doutorado tem como objetivo analisar, sob uma perspectiva inovadora, a dinâmica das relações sociais em um ambiente típico do interior rural brasileiro, visando em sentido mais amplo compreender os mecanismos que atuam sobre a sociabilidade e sobre o comportamento político dessa população. Neste sentido, propõe uma análise multidisciplinar, examinando fatores clássicos utilizados no trato da questão como o conceito de coronelismo, sob a ótica acadêmica e também no plano do senso comum. E aponta como genuíno instrumento de formação da sociabilidade rural interiorana as estruturas de base familiar, em especial o instituto do compadrio, que serve como elemento básico de estruturação do modelo cultural e suas particularidades. Em uma abordagem antropológica e histórica, o trabalho examina o processo de formação da nacionalidade, elaborado por meio da identificação de elementos considerados desejáveis e, consequentemente, na rejeição de outros tantos. Estas características, apresentadas como anacronismos e obstáculos à modernização do país, induziram à formação de um discurso nacional excludente, induzindo a considerar como subalternos os valores tradicionais dominantes no ambiente rural. Com isso, produziu-se um ambiente de discriminação em termos qualitativos, alienando as populações do interior e contribuindo para impedir, em termos práticos, sua integração ao ambiente de comunidade imaginada que forma o tecido nacional brasileiro
Resumo inglês:This doctoral thesis aims to analyze, from a new perspective, the dynamics of social relations in a typical environment of the Brazilian rural interior, aimed more broadly understand the mechanisms that act on sociability and the political behavior of this population. Here, we propose a multidisciplinary analysis, examining factors used in the classic issue of dealing with the concept of coronelismo, under the academic perspective and also in the common sense of the plan. And points as genuine training tool of rural sociability provincial family based structures, in particular the institute of god parenthood, which serves as a basic element of the cultural model and its features. In an anthropological and historical approach, the paper examines the process of formation of nationality, prepared by identifying the elements considered "desirable" and hence the rejection of many others. These features, presented as anachronisms and obstacles to the "modernization" of the country, promoted the formation of an exclusive national discourse, inducing consider as subordinate the dominant traditional values in the rural environment. Thus, there has been a discriminatory environment in qualitative terms, alienating the people of the interior and helping to prevent, in practical terms, their integration into the environment of imagined community that builds the Brazilian national fabric