Marx: política e emancipação humana (1848-1871)

The purpose of this work is to inquire the relations between politics and human emancipation in Karl Marx s thought through immanent analysis of texts produced between 1848 and 1871 in which Marx focuses those subjects while examining remarkable historical events: articles written for New Rhine Gaze...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2007
Main Author: Cotrim, Lívia Cristina de Aguiar
Orientador/a: Chaia, Miguel Wady
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3798
Citação:Cotrim, Lívia Cristina de Aguiar. Marx: política e emancipação humana (1848-1871). 2007. 1024 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Resumo Português:Este trabalho investiga as relações entre política e emancipação humana no pensamento de Karl Marx, por meio da análise imanente de um conjunto de obras produzidas entre os anos de 1848 e 1871, nas quais abordou aqueles temas ao examinar acontecimentos históricos marcantes: os artigos escritos para o jornal Nova Gazeta Renana, publicado de junho de 1848 a maio de 1849; As Lutas de Classes na França, de 1850, O Dezoito Brumário de Luís Bonaparte, de 1852, e A Guerra Civil em França, incluindo seus dois Esboços, de 1871. A pesquisa mostrou a continuidade da determinação ontonegativa da politicidade, descoberta pelo autor nos anos de formação de seu pensamento próprio, bem como seu desenvolvimento e concretização pelo exame das lutas de classes e transformações políticas ocorridas naquelas ocasiões. A primeira parte aborda, pela análise dos artigos produzidos para a Nova Gazeta Renana, o processo de revolução e contra-revolução no interior da miséria alemã, que não é superada. A segunda parte examina a afirmação da revolução social nas jornadas de junho de 1848, sua derrota e a emersão do estado bonapartista. Em ambas, foram destacadas as formas de atuação política e elementos da consciência das diversas classes, as relações entre a classe e sua representação política e os limites ou potencialidades manifestos por elas. A terceira parte examina os textos acerca da Comuna de Paris, entendida como antítese do estado, forma não estatal da emancipação social. Em anexo, são apresentados os artigos da Nova Gazeta Renana escritos por Marx e os de autoria não identificada, traduzidos do original alemão
Resumo inglês:The purpose of this work is to inquire the relations between politics and human emancipation in Karl Marx s thought through immanent analysis of texts produced between 1848 and 1871 in which Marx focuses those subjects while examining remarkable historical events: articles written for New Rhine Gazette, published from June 1848 to May 1849; The Class Struggles in France, of 1850, The Eighteen Brumaire of Louis Bonaparte, of 1852, and The Civil War in France, including both of its Drafts, of 1871. This research shows that onto-negative determination of politics, found out by the author during the years when he constituted his own original thought, is maintained throughout the writings analyzed. That concept s development and concretization is also demonstrated through examining Marx s account on class struggles and political changes then taken place. In the first part of the research revolution and counter-revolution processes are approached within the never overcome German poverty, through New Rhine Gazette articles. In the second part, it is examined social revolution assertion in June 1848 insurrections, their defeat and Bonapartist state arousal. In both, forms of political actions and different classes consciousness elements were emphasized, as well as the relationships between classes and their political representations, their limits and potentialities. The third part focuses writings on Paris Commune understood as antithesis of the state, the non-state form of social emancipation. All the articles from New Rhine Gazette by Marx and those of unknown authorship were translated from the German originals and are presented as an appendix