Políticas para as mulheres no governo do estado de São Paulo (1995 a 2006)

This paper is a study of the actions for the women developed by the government of the State of São Paulo, between the years of 1995 and 2006, in the areas of education, health, work and public security. From a theoretical discussion on the origins of the modern State and its connection with the issu...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Fernandes, Maria Angélica lattes
Orientador/a: Bizelli, Edimilson Antonio
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4209
Citação:Fernandes, Maria Angélica. Políticas para as mulheres no governo do estado de São Paulo (1995 a 2006). 2010. 166 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Resumo Português:Muitos estudos estão sendo desenvolvidos sobre a situação da mulher na sociedade com objetivo de decifrar e descrever os avanços e limites de sua participação e cidadania. A maioria deles busca introduzir-la na história oficial ao reconhecer a contribuição das nas transformações e avanços do mundo, como também sua participação nas lutas por direitos civis, políticos e sociais. Esta investigação pretendeu enfocar a relação Estado-sociedade e a mulher, através do estudo específico do caso das políticas para as mulheres no governo do estado de São Paulo, de 1995 a 2006, nas áreas de educação, saúde, trabalho e segurança pública. O interesse centrou-se em entender como se desenvolveram, no âmbito do governo estadual, as políticas específicas para mulheres implantadas no período de redemocratização. O marco inicial escolhido, 1995, corresponde a duas décadas depois da Organização das Nações Unidas (ONU) ter estabelecido o Ano Internacional da Mulher, a Década da Mulher, que apontou a necessidade de adoção de políticas especificas para incidir nas gritantes desigualdades entre homens e mulheres. A pesquisa buscou identificar nas prioridades do governo estadual por três mandatos, nos documentos oficiais do Ciclo Orçamentário, as ações exclusivas direcionadas às mulheres. A expressão ações exclusivas, neste texto, refere-se àquelas que têm como objetivo cardeal atender às mulheres em todas as fases de sua vida promovendo sua emancipação, portanto todo esforço foi o de localizar o papel que as mulheres ocupam nas metas e prioridades do governo do estado de São Paulo. O interesse desta pesquisa, também, é compreender as concepções sobre as políticas públicas e sua aplicação no âmbito dos governos
Resumo inglês:This paper is a study of the actions for the women developed by the government of the State of São Paulo, between the years of 1995 and 2006, in the areas of education, health, work and public security. From a theoretical discussion on the origins of the modern State and its connection with the issues regarding the women, the contemporary landmark of the public politics agenda is brought back to light, which is the declaration of the United Nations Organization (UNO), in 1975, about the International Year of the Women, and the Decade of the Women. The UNO recommended that the countries implement specific politics in order to reduce the inequality between men and women. The context of the so-called second wave of the feminism coincides, in Brazil, with the period of the re-democratization and with the increasing movement of the women and feminists, that pressured the State to agree to their demands. This work aims the understanding of how the specific politics for women within the period mentioned were developed, in the ambit of the State government. The research targeted the identification among the priorities of the government of the State of São Paulo, during three administrations, of what actions regarding the women took part in the documents of the budgeting cycle. The effort made was that of the localization and analysis of the programs for women amongst the goals and priorities of the government of the State of São Paulo