Redimensionando a esfera pública: o papel e as práticas das ONGs ambientalistas e suas interações com os demais atores sociais

This research has as its objective of investigation the environmental Non-Governmental Organizations (NGO). It tries to clarify the modus operandi of their activities and inter-relationships with the other social actors, identifying their potentialities and limitations concerning their ability of es...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2007
Main Author: Mercado, Martha
Orientador/a: Bógus, Lucia Maria Machado
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3804
Citação:Mercado, Martha. Redimensionando a esfera pública: o papel e as práticas das ONGs ambientalistas e suas interações com os demais atores sociais. 2007. 191 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Resumo Português:Esta pesquisa tem como objeto de investigação as ONGs ambientalistas. Busca esclarecer o modus operandi de suas atividades e suas inter-relações com os demais atores sociais, identificando suas potencialidades e limitações, no que concerne à sua capacidade de estabelecer uma nova percepção para a causa ambiental. A emergência de novos atores sociais responde a uma reconfiguração das sociedades ocidentais, provocada, dentre outros fatores, pelos avanços tecnológicos, que transformaram as esferas da vida política, econômica e social. Essas transformações, ainda em curso, impulsionaram o fortalecimento das ONGs, dando-lhes um papel de destaque na causa ambiental. Essas desempenham ainda, o papel de mobilizar, organizar e incluir os demais atores, gerando uma nova dinâmica nas formações sociais contemporâneas. As ONGs ambientalistas surgem como uma nova e importante possibilidade de renovação do espaço público, possibilitando a cooperação e desenvolvimento social. Elas tendem a operar como, parcialmente responsáveis pelas demandas sociais, estabelecendo, quando necessário, parceiras com o Estado e com setores privados da economia. Podem ser definidas, em linhas gerais, como organizações privadas sem fins lucrativos, que realizam ações de caráter público. Na primeira parte desse trabalho, examinamos as principais formulações teóricas que tratam dos fatores que possibilitaram a emergência e o protagonismo das ONGs ambientalistas, buscando contribuir para a delimitação mais precisa do seu campo de ação. Num segundo momento procuramos por meio do trabalho de campo, mapear, identificar e elucidar as práticas dessas, considerando a sua interdependência e inter-relação com os demais atores sociais
Resumo inglês:This research has as its objective of investigation the environmental Non-Governmental Organizations (NGO). It tries to clarify the modus operandi of their activities and inter-relationships with the other social actors, identifying their potentialities and limitations concerning their ability of establishing a new perception for the environmental cause. The emergency of new social actors responds to a new reconfiguration of the occidental societies, which was caused among other factors by technological development that transformed the political, economical and social spheres. These transformations, still in action, strengthened the environmental Non-Governmental Organizations (NGO), making them relevant characters in the environmental cause. These organizations develop the function of mobilizing, organizing and including the other social actors, generating a new dynamic in the contemporaneous social formations. The environmental Non-Governmental Organizations (NGO) appear as a new important possibility of changing for the public areas, allowing the social cooperation and development. They tend to operate as partially responsible for the social demands, establishing, when necessary, partnerships with the State and with the private sectors of the economy. They can be generally defined as non-profit-making private organizations, which do actions of public character. In the first part of this project, the main theoretical formulations, which deal with factors that allow the emergency and protagonist role of the environmental Non-Governmental Organizations (NGO), were examined, trying to contribute to delimit in a more precise way their area of action. In a following moment, there was a research whose objectives were mapping, identifying and elucidating these actions, considering their interdependence and inter-relationship with the other social actors