Roraima: movimento indígena, demarcação de terra e conflito social

This study aims at improving knowledge of social relations in the Brazilian state of Roraima. On the one hand, an attempt was made to show how a sovereignty has been constructed throughout history on the molds of coronelism and clientelism; and then how these types of patronage have continued until...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Alonso, Victor Federico lattes
Orientador/a: Rangel, Lucia Helena Vitali
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3487
Citação:Alonso, Victor Federico. Roraima: movimento indígena, demarcação de terra e conflito social. 2013. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Resumo Português:O presente estudo tem o intuito de aprimorar o conhecimento das relações sociais dentro do estado de Roraima. De um lado ele tentou mostrar como se formou historicamente uma soberania moldada pelo coronelismo e clientelismo, como essas categorias de dominação permanecem até os dias de hoje e fomentam uma sociedade dividida, marcada pela ocupação de terras, conflito fundiário, violência e preconceito. De outro, fez uma análise sobre a emergência e organização de um movimento indígena coeso chamado Conselho Indígena de Roraima e como este conseguiu se tornar uma alternativa política ao poder antes singular da oligarquia. Foi feito um exame sobre as conquistas desse movimento, principalmente demarcações, assim como dos problemas enfrentados pelo mesmo, sobretudo a dificuldade de conquistar o apoio da sociedade boa-vistense. Essa análise utilizou livros de antropólogos, sociólogos, cientistas políticos, historiadores, filósofos, além de artigos de jornais e revistas, dissertações, teses, revistas acadêmicas, viagens, análise de discursos parlamentares e do voto de ministros do Supremo Tribunal Federal para sua elaboração
Resumo inglês:This study aims at improving knowledge of social relations in the Brazilian state of Roraima. On the one hand, an attempt was made to show how a sovereignty has been constructed throughout history on the molds of coronelism and clientelism; and then how these types of patronage have continued until the present and fostered a divided society, one that is filled with land-ownership conflicts, land occupation, violence and prejudice. On the other hand, an analysis was made of the rise and organization of a cohesive indigenous movement called Conselho Indígena de Roraima (Indigenous Council of Roraima), as well as of how the movement came to be a political alternative to the once exclusive power of the oligarchy. A study was carried out about the achievements of the movement, especially on land demarcation, and also about the problems it has faced, especially in getting society in the capital of the state to support it. This analysis used books from anthropologist, sociologists, political scientists, historians, as well as, magazines and newspapers articles, theses, academic journals, travel and analyzed the speeches from Congressmen and the vote of the Supreme Court