Manifestações de Junho de 2013 em São Paulo: um olhar a partir dos paradigmas da mobilização de recursos e dos novos movimentos sociais

This dissertation is on the June 2013 demonstrations in Brazil, focusing on the city of São Paulo, where the protests convened by the Free Pass Movement (Movimento Passe Livre MPL) against the increase of public transport fare triggered an escalation of mass demonstrations that have taken more than...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Evangelista, Daniel Fassa lattes
Orientador/a: Bógus, Lucia Maria Machado
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2567
Citação:Evangelista, Daniel Fassa. Manifestações de Junho de 2013 em São Paulo: um olhar a partir dos paradigmas da mobilização de recursos e dos novos movimentos sociais. 2015. 149 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Resumo Português:A presente dissertação tem como tema as manifestações de junho de 2013, com foco na cidade de São Paulo. Foi a partir da capital paulista que protestos convocados pelo Movimento Passe Livre (MPL) contra o aumento da tarifa do transporte público desencadearam uma escalada de manifestações que levaram mais de um milhão de pessoas, sobretudo jovens, às ruas de 25 capitais e centenas de cidades de todo o país. Nossos principais objetivos foram: fazer um registro histórico das manifestações de junho na cidade de São Paulo; interpretar os acontecimentos à luz de uma revisão bibliográfica das teorias dos movimentos sociais, com particular atenção ao papel das redes sociais digitais; e analisar as entrevistas em profundidade que realizamos com seis integrantes do Conselho Nacional de Juventude originários de São Paulo (capital e/ou região metropolitana), pois atuam em um canal institucional de interface entre Estado e sociedade civil e são membros de organizações que são conduzidas por jovens ou os tem como público alvo. A partir do diálogo entre o paradigma da mobilização de recursos e o paradigma dos novos movimentos sociais, concluímos que mais que uma consequência necessária das insatisfações com os problemas crônicos do país, as manifestações de junho devem ser compreendidas como resultado de uma conjunção de fatores estratégicos e culturais colocados em jogo por uma multiplicidade de atores que interagem na sociedade civil
Resumo inglês:This dissertation is on the June 2013 demonstrations in Brazil, focusing on the city of São Paulo, where the protests convened by the Free Pass Movement (Movimento Passe Livre MPL) against the increase of public transport fare triggered an escalation of mass demonstrations that have taken more than one million people, mostly young, to the streets of 25 states capitals and hundreds of other cities across the country. Our main objectives were: to make a historical record of the demonstrations in the city of São Paulo; to interpret the demonstrations in the light of the social movements theories, paying particular attention to the role of online social networks; and to analyze in-depth interviews we conducted with six members of the National Youth Council from São Paulo (capital and/or metropolitan area) because they act in an institutional channel of interface between the state and the civil society and are members of organizations that are conducted by young people or have them as their target public. From the dialogue between the paradigm of resource mobilization and the paradigm of the new social movements, we conclude that, more than the necessary consequence of the dissatisfactions with the chronic problems of the country, the demonstrations of June must be understood as the result of the combination of strategic and cultural factors put into play by a multiplicity of actors interacting in civil society