Entre portos e ritos: a memória do Candomblé Angola em Santos

In this paper I place the memory of the angola candomblé in Santos city, indentifying the caboclo s role in this religious structure. The memories pointed out a fixed point in space, which is the pier. The pier became the scenery, the landscape, in which the memory of a candomblé by the sea was anch...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Figueiredo, Janaina de lattes
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3706
Citação:Figueiredo, Janaina de. Entre portos e ritos: a memória do Candomblé Angola em Santos. 2016. 215 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Resumo Português:Neste trabalho situo a memória do Candomblé Angola na cidade de Santos, identificando o papel do caboclo nessa estrutura religiosa. As lembranças apontaram um ponto fixo no espaço, qual seja o cais do porto. Este se tornou o cenário, a paisagem, em que a memória de um Candomblé à beira-mar estava ancorada. Nas vozes dos interlocutores, os mastros, as velas, os bondes, as ruas e os becos da cidade se manifestaram como retóricas caminhatórias e, igualmente, recompuseram o tecido pelo qual diversas práticas e dinâmicas culturais estavam atadas. Nessa rede de sentidos e significados, a nação Angola ocupa lugar privilegiado nesta análise. Defendo que o caboclo constitui peça fundamental na estrutura religiosa dessa nação. Essa entidade trouxe, como se tenta argumentar, certa unidade ao Candomblé Angola, marcado por cisões em seu interior. Umas das premissas que envolve a análise do caboclo consiste em lhe atribuir o papel de manutenção da memória e identidade do Candomblé Angola. Esta tese constitui um trabalho sobre a memória em muitos sentidos: no olhar do pesquisador, nas lembranças entrecruzadas, no papel dos guardiões da memória, nas performances do caboclo, entre outros aspectos.
Resumo inglês:In this paper I place the memory of the angola candomblé in Santos city, indentifying the caboclo s role in this religious structure. The memories pointed out a fixed point in space, which is the pier. The pier became the scenery, the landscape, in which the memory of a candomblé by the sea was anchored. In the speaker s voices, the masts, the sails, the streetcars, the streets and the city allies have expressed themselves as walking rhetoric and also pieced together the web in which several practices and cultural dynamics were attached. In this net of sense and meaning the angola nation takes a privileged spot in this analysis. We defend that the caboclo is a key component in this religious structure of this nation. This entity brought, as one tries to argue, a kind of unity to the angola candomblé. One of the premises which involves the caboclo s analysis consists in giving him the role to keep angola candomblé memory and identity. This thesis is a paper about the memory in many ways like: the researcher s view, the crossed memories, the memory guardians role, the caboclo s performances, and other aspects