Os "sem religião" no ciberespaço: interfaces da religiosidade nas comunidades virtuais

This thesis has as its object of study and research analyzing people with no religious belief in the cyberspace through the virtual communities, mainly within Orkut, for being the social network used by most Brazilians as a means of disseminating ideas and defend these ones in virtual space. The res...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Villasenor, Rafael Lopez lattes
Orientador/a: Concone, Maria Helena Villas Bôas
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3471
Citação:Villasenor, Rafael Lopez. Os "sem religião" no ciberespaço: interfaces da religiosidade nas comunidades virtuais. 2013. 255 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Resumo Português:Esta tese tem como objeto de pesquisa avaliar os depoimentos dos "sem religião" no ciberespaço, através das comunidades virtuais, especificamente dentro do Orkut, por ter sido a rede digital social mais usada pelos brasileiros, como meio de difundir ideias e defender teses no espaço virtual. As questões da pesquisa são: Como acontece e se desenvolve a passagem da hegemonia religiosa brasileira ao pluralismo, suas causas e efeitos? A encruzilhada religiosa atual é crise ou nova vitalidade institucional? Como o ciberespaço é usado pela religião desinstitucionalizada? Como funcionam as comunidades virtuais na rede social Orkut? Quais são as interfaces de Deus reveladas nas comunidades virtuais dos "sem religião" na rede social Orkut? Que interpretação podemos dar às postagens dos internautas "sem religião" no Orkut? O trabalho mostra que os "sem religião" são categoria heterogênea mas não necessariamente marcada pela descrença. Os depoimentos postados foram agrupados em: "sem religião" sincréticos; "sem religião" em mobilidade e transito religioso; "sem religião" céticos da instituição; "sem religião" agnósticos; "sem religião" ateus. O ciberespaço possibilita uma reconfiguração social, cultural e religiosa evidenciado uma religiosidade de ruptura com os sistemas religiosos tradicionais e institucionais e ao mesmo tempo ratificando manifestações de religiosidade. A primeira parte da tese analisa as transformações socioculturais e religiosas brasileiras que levaram ao surgimento dos "sem religião" e à passagem da hegemonia religiosa para o pluralismo. Trabalhamos as mudanças religiosas, que levaram da supremacia católica para o pluralismo religioso até o aparecimento dos "sem religião" no processo da encruzilhada do paradigma da pósmodernidade. A segunda parte da tese apresenta os "sem religião" nas comunidades virtuais do Orkut. Procuramos entender o funcionamento desta rede social. Analisamos a partir das postagens as crenças, práticas e procedência dos "sem religião" e nos deparamos com sua diversidade de crenças
Resumo inglês:This thesis has as its object of study and research analyzing people with no religious belief in the cyberspace through the virtual communities, mainly within Orkut, for being the social network used by most Brazilians as a means of disseminating ideas and defend these ones in virtual space. The research questions are: How does the changing from Brazilian religious hegemony to pluralism happen and develop? What are its causes and effects? Is the current religious situation a crisis or a new institutional enhancement? How is cyberspace used by a non-institutional religion? What is God s interface on the Orkut social network? What comprehension can we have about the postings of no religious Internet users on Orkut? The main hypothesis shows that people with no religious belief are a heterogeneous group but not necessarily marked by disbelief, these ones can be classified as: No religion syncretic people, people who move from one church to another, skeptic people about the institution, the agnostics and the atheists. The cyberspace enables a social, cultural and religious reconfiguration of the same ones with a religious breaking within the traditional and no institutional religious system, but the religiosity is still maintained. The first part of thesis analyses the Brazilian religious changes that led to the emerging of people who have no religious belief, that is, the transition of the religious hegemony to the pluralism. Religious changes were worked, which led from the catholic supremacy to the religious pluralism until the emerging of people who have no religious belief in the postmodernity situation process. The second of thesis research part studies people who have no religious belief in the virtual communities, as Orkut in a special way, to understand the action of this social network