O cotidiano de trabalho do assistente social na Casa de Apoio UNIFESP/CACAU

This dissertation discusses and deeper reflection on the everyday reality of users Treatment Outside Domicilio-TFD and Support House UNIFESP/CACAU. The built reflection web over the four chapters that make up this dissertation is the result of an intense dialogue with the Marxist theoretical framewo...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Rosa, Lara Terezinha Rodrigues lattes
Orientador/a: Martinelli, Maria Lúcia
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Department: Faculdade de Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19401
Citação:Rosa, Lara Terezinha Rodrigues. O cotidiano de trabalho do assistente social na Casa de Apoio UNIFESP/CACAU. 2016. 147 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Resumo Português:Esta dissertação problematiza e aprofunda a reflexão sobre a realidade cotidiana de usuários do Tratamento Fora de Domicílio-TFD e da Casa de Apoio UNIFESP/CACAU. A teia de reflexão construída ao longo dos quatro capítulos que constituem esta dissertação é resultado de uma intensa interlocução com o referencial teórico marxista e com os participantes da pesquisa, haja vista que optamos pela metodologia qualitativa, pela mediação da história oral que a partir das narrativas trazidas pelos pacientes e acompanhantes da Casa de Apoio, apreendemos os significados das vivências e convivências durante o período em tratamento médico fora de domicilio. Os participantes dessa pesquisa foram intencionalmente escolhidos, conformando um universo de seis interlocutores com experiências intensamente vividas no âmbito da Casa de Apoio e do TFD. Nesse sentido, no primeiro capítulo apresentamos as bases teóricas que sustentaram nossa construção metodológica para o ir a campo findado na perspectiva ética. No segundo capítulo, contextualizamos brevemente a formação sócio-histórica brasileira, bem como a trajetória da política de saúde no Brasil, problematizando elementos referentes ao SUS e ao TFD. Por fim, no terceiro e quarto capítulos, aprofundamos a reflexão sobre o trabalho cotidiano do assistente social na Casa de Apoio e o significado da Casa de Apoio nas trajetórias de vida dos usuários desse serviço e em tratamento fora de domicílio. Aproximar da realidade cotidiana dos participantes da pesquisa foi um processo desafiador e de extrema importância, pois conhecemos um espaço de mediações éticas e políticas que, apesar dos múltiplos desafios cotidianos da realidade do tratamento fora de domicílio e a hospedagem na Casa de Apoio, aponta caminhos e possibilidades de reflexões que visam à garantia da atenção de saúde de qualidade e o empoderamento emancipatório na luta por uma saúde pública de acesso universal, integral e igualitária
Resumo inglês:This dissertation discusses and deeper reflection on the everyday reality of users Treatment Outside Domicilio-TFD and Support House UNIFESP/CACAU. The built reflection web over the four chapters that make up this dissertation is the result of an intense dialogue with the Marxist theoretical framework and the research participants, considering that we have chosen the qualitative methodology, through the mediation of oral history that from the narratives brought by patients and caregivers of the House of Support, we grasp the meanings of livings and conviviality during the period of medical treatment outside of the household. Participants of this research were intentionally chosen, forming a universe of six speakers with experience intensely lived under the Support House and TFD. In this sense, in chapter I present the theoretical foundations that have sustained our methodological construction to go findado field in ethical perspective. In Chapter II, in brief statements we contextualize the Brazilian socio-historical formation, as well as the trajectory Health Policy in Brazil, discussing elements related to the SUS and TFD. Finally, in Chapters III and IV, we deepen the reflection on the daily work of the social worker in Support House and the meaning of home support in the life trajectories of users of this service and treatment outside of domicile. Closer to the everyday reality of survey participants was a challenging and very important process because we know the area of ethical and political mediations that, despite the many daily challenges of reality treatment outside household and hosting Support House points out ways and possibilities of reflections aimed at ensuring the quality of health care and the emancipatory empowerment in the struggle for Saude Publica universal, full and equal access