Memória, arte e ressonâncias: a voz masculina no Projeto Vida Ativa da UESB/Vitória da Conquista

This research was qualitative, aimed at analyzing individual / group relationship and the size of the meanings of artistic and musical practices, with emphasis on social participation of older men in Active Life Project. This project began in 2005, at the State University of Southwest Bahia &#82...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Coronago, Virginia Maria Mendes Oliveira lattes
Orientador/a: Concone, Maria Helena Villas Bôas
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Art
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2490
Citação:Coronago, Virginia Maria Mendes Oliveira. Memória, arte e ressonâncias: a voz masculina no Projeto Vida Ativa da UESB/Vitória da Conquista. 2014. 160 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Resumo Português:A presente pesquisa, de natureza qualitativa, buscou analisar a relação indivíduo/grupo e a dimensão dos significados das práticas artístico-musicais, com ênfase na participação social de homens idosos no Projeto Vida Ativa. O referido projeto teve início em 2005, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia ‒ UESB, no campus de Vitória da Conquista (lócus da pesquisa) e atende atualmente a um público de 150 pessoas idosas, por ano, sendo que, em média, 29% destes, são do sexo masculino. A representação masculina no grupo chama a nossa atenção, pois, de acordo com as nossas observações, há grande resistência à participação de homens, em projetos desta natureza. Alicerçados em pressupostos da etnografia o estudo tomou como apoio do referencial teórico da antropologia interpretativa de Geertz, e com base na metodologia apresentada por esse autor estabelecemos para o trabalho prático: a observação participante, a realização de entrevistas e a seleção dos principais atores. A partir da leitura de documentos, definimos os núcleos de significado e as unidades de sentido, mapeando os campos de encontros e desencontros. Na composição da pesquisa destacam-se os estudos teóricos inovadores e interdisciplinares de Bosi, Sacks, Sennett, Elias, Kisnerman e Morin que contribuem para o crescente diálogo entre as ciências sociais/antropologia, a arte e o protagonismo social. Os achados levam-nos a compreender que o envolvimento desses idosos com as atividades artístico/culturais em um grupo que os identifica como atores de grande relevância e protagonistas das suas histórias, abrem espaços e oportunidades para diferentes expressões de participação social, e nos mostra como esses espaços construídos contribuem de forma significativa para o bem estar e a qualidade de vida no envelhecimento que, comumente, carece de legitimidade e lugar no conjunto das ações que dão vida e sentido ao mundo
Resumo inglês:This research was qualitative, aimed at analyzing individual / group relationship and the size of the meanings of artistic and musical practices, with emphasis on social participation of older men in Active Life Project. This project began in 2005, at the State University of Southwest Bahia ‒ UESB on campus in Vitória da Conquista (research locus) and currently serves an audience of 150 elderly people per year, with an average of 29 % of these are male. The male representation in the group draws our attention because, according to our observations, there is great resistance to the participation of men in projects of this nature. Grounded in assumptions of ethnography study took as supporting the theoretical framework of interpretative anthropology of Geertz, and based on the methodology presented by the author to establish the practical work: participant observation, interviews and selection of the main actors. From the reading of documents, we define the core meaning and sense units, mapping the fields and disagreements. In the composition of the survey highlight the innovative and interdisciplinary theoretical studies Bosi, Sacks, Sennett, Elijah Kisnerman, Morin and contributing to the growing dialogue between the social sciences, anthropology, art and social leadership. The findings lead us to understand that the involvement of these elderly people with artistic / cultural activities in a group that identifies them as highly relevant actors and protagonists of their stories, open spaces and opportunities for different expressions of social participation, and shows us how these constructed spaces contribute significantly to the welfare and quality of life in aging that often lacks legitimacy and place in the set of actions that give life and meaning to the world