Tradição secular - as paneleiras de Goiabeiras: cultura imaterial e representação social do estado do Espírito Santo

In the late 1930s, the Brazilian State created the Institute of National Historical and Artistic Patrimony (IPHAN) with the aim of preserving brazilian material culture. Later, the 1988 Federal Constitution extended IPHAN's operation by incorporating immaterial patrimony. It is considered mater...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Araújo, Gabriella Vasconcellos de lattes
Orientador/a: Bógus, Lucia Maria Machado
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Faculdade de Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21646
Citação:Araújo, Gabriella Vasconcellos de. Tradição secular - as paneleiras de Goiabeiras: cultura imaterial e representação social do estado do Espírito Santo. 2018. 144 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Resumo Português:No final da década de 1930, o Estado Brasileiro criou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) com o intuito de preservar a cultura material brasileira. Mais tarde, a Constituição Federal de 1988 ampliou a atuação do IPHAN incorporando os patrimônios imateriais. Considera-se patrimônio cultural material ou imaterial todo bem cultural que for reconhecido pelo grupo social como referência de sua cultura, de sua história, presente na memória do povo e que faz parte do cotidiano. Desde a criação do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) até março de 2018, foram registrados quarenta e um Patrimônios Culturais Imateriais do Brasil, dentre eles as paneleiras de Goiabeiras, objeto de estudo deste trabalho. O problema central deste trabalho baseou-se na seguinte indagação: O reconhecimento do ofício das paneleiras de Goiabeiras como um bem cultural de natureza imaterial pelo IPHAN, contribuiu para o reconhecimento e fortalecimento da tradição das paneleiras, dos grupos sociais envolvidos no processo de produção das panelas de barro e para o desenvolvimento socioeconômico da região onde as paneleiras estão estabelecidas? A pesquisa foi realizada por meio de observação direta, análise dos mapas da cidade de Vitória, com um olhar voltado para o bairro de Goiabeiras, análise de documentos e registros culturais, além de entrevistas em profundidade com as detentoras do saber. Como resultado, constatou-se que apesar do reconhecimento do ofício das paneleiras de Goiabeiras como um bem cultural de natureza imaterial pelo IPHAN, este corre risco de extinção pela falta de interesse dos descendentes em dar continuidade, pela ausência de políticas públicas efetivas que reconheçam e divulguem o trabalho desenvolvido pela comunidade, bem como pela falta de reconhecimento da sociedade capixaba dos trabalhos culturais desenvolvidos pelos seus conterrâneos
Resumo inglês:In the late 1930s, the Brazilian State created the Institute of National Historical and Artistic Patrimony (IPHAN) with the aim of preserving brazilian material culture. Later, the 1988 Federal Constitution extended IPHAN's operation by incorporating immaterial patrimony. It is considered material or immaterial cultural patrimony every cultural property that is recognized by the social group as a reference of its culture, its history, present in the memory of the people and that is part of everyday life. Since the creation of the National Program of Immaterial Patrimony (PNPI) until March 2018, have been registered forty-one Immaterial Cultural Patrimony of Brazil, among them the paneleiras de Goiabeiras, the object of study of this work. The central problem of this work was based on the following question: The recognition of the Metier of the paneleiras de Goiabeiras as a cultural property of immaterial nature by the IPHAN contributed to the recognition and strengthening of the tradition of the paneleiras, of the social groups involved in the process of production of the clay pan and for the socioeconomic development of the region where the paneleiras are established? The research was carried out through direct observation, analysis of Vitória’s city map, with a look at the neighborhood of Goiabeiras, analysis of documents and cultural records, as well as in - depth interviews with the holders of knowledge. As a result, it was verified that despite the recognition of the Metier of the paneleiras de Goiabeiras as a cultural property of immaterial nature by the IPHAN, the metier is at risk of extinction due to the lack of interest of the descendants to continue the metier, due to the absence of effective public policies that recognize and disseminate the work developed by the community, as well as by the lack of recognition of the Capixaba society of the cultural works developed by their fellow countrymen