Cotidiano e cultura: a dinâmica da organização social na Vila de Paricatuba no Amazonas

This thesis aims to analyze the community relations occured in daily lives of rural social groups from Paricatuba village, located in the Amazon. It was analyzed its social organization in order to access social services. For this purpose, a survey was conducted in order to map the social assets and...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Silva, Elane Cristina Lima da lattes
Orientador/a: Rodrigues, Maria Lúcia
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Department: Faculdade de Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21218
Citação:Silva, Elane Cristina Lima da. Cotidiano e cultura: a dinâmica da organização social na Vila de Paricatuba no Amazonas. 2018. 198 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Resumo Português:A presente tese tem como objetivo analisar as relações comunitárias instituída no cotidiano dos grupos sociais rurais da Vila de Paricatuba, no Amazonas, a partir da organização social para acesso a serviços sociais. Com este propósito realizamos o mapeamento dos bens e serviços sociais existentes na Vila, identificamos as principais estratégias de organização social para alcance de saúde e educação em Paricatuba, demos visibilidade ao cotidiano dos grupos sociais rurais e estudamos os traços socioculturais que resistem e permeiam a organização social dos moradores de Paricatuba. Pensar a grandiosidade da Amazônia brasileira, mais especificamente do Norte do País, no estado do Amazonas, requer considerar as populações rurais que estão distribuídas ao longo das margens dos rios e seus tributários, que padecem situação de empobrecimento, negação de direitos e dependência das benesses do governo; porém, vivem a partir de uma organização social que permite sua produção e reprodução social aliada à natureza, geradores de códigos culturais que permeiam esse modo de vida. Assim, desenvolver a investigação no município de Iranduba, mais precisamente na Vila de Paricatuba, pressupôs dar vistas a uma dinâmica comunitária singular, que se destaca pela elaboração de práticas socioculturais que permite o ordenamento da vida cotidiana e dos bens e serviços sociais existentes no local. Constatamos que essa população enfrenta contextos econômico e político hostis e adversos, especialmente no que tange ao difícil acesso às políticas sociais e no repasse de verbas públicas destinadas aos serviços essenciais para funcionamento do vilarejo, somado ao avanço da sociedade do consumo que se materializa, sobretudo, com a construção da ponte Jornalista Phelippe Daou. Enquanto perspectiva metodológica, o estudo teve caráter crítico-analítico, de abordagem qualitativa; realizamos pesquisa bibliográfica e documental para fundamentação de um arcabouço teórico, e utilizamos um conjunto de técnicas e instrumentais no estudo de campo, como a obtenção de depoimentos narrativos, observação participante, utilização de caderno de campo e registros fotográficos, para constatar um micro mundo amazônico em processo de mudança, que se articula por meio de uma organização social única, expresso em um cotidiano permeado por uma cultura que reflete a resistência/preservação de seu modo de vida, mais que, inevitavelmente, vem absorvendo referências do contexto oriundo do sistema econômico em vigor
Resumo inglês:This thesis aims to analyze the community relations occured in daily lives of rural social groups from Paricatuba village, located in the Amazon. It was analyzed its social organization in order to access social services. For this purpose, a survey was conducted in order to map the social assets and services existing in the village. It was identified the key strategies on social organization to reach health and education services, with focus on the daily lives of rural social groups. It was studied the socio-cultural aspects that resist and compose the local resident´s social organization. Thinking on the greatness of Brazilian Amazon, specifically the state of Amazon in the north of the country, requires considering rural population that live along the bank of rivers and their tributaries, people who suffer of impoverishment, denial of rights and reliance on the government's handouts. Despite this, such people live in a social organization that allow their social production which is combined with nature and cultural codes generators that permeate their way of life. Thus, in order to develop such research in the city of Iranduba, more precisely at Paricatuba village, included analysing a natural and singular community dynamics, which stands out for socio-cultural practices that give them and ordering along their everyday life and the existing goods and social services on site. We have found out that the population face hostile and adverse economic and political context, especially in regard to difficult access to social policies, and poor transfer of public funds allocated for essential services of the village. Moreover due to the advancement of the consumer society which has materialized especially with construction of the bridge journalist Phelippe Daou. According to the methodological perspective, the study has critical-analytical character and qualitative approach. We made bibliographic and documentary research to base the theoretical framework, and used a set of techniques and instruments in the field of study, such as: obtaining narrative testimonials, observation of participants, use of photographic records and notes on the field. It has been discovered a micro Amazon world in changing process, which is linked through a singular social organization, expressed in an everyday life permeated by culture that reflects the strength and preservation of its way of life. Despite this, it has inevitably absorbed the references originated from the economic system in force