Olhares pós-coloniais: Lisboa, São Paulo e relações étnico-raciais. Em tempos de globalização, desigualdade, diferença, racismo e anti-racismo

This thesis accomplished a comparative analysis on the social and ethnic-racial relationships which occur in Brazil and Portugal, with priority in the cities of Sao Paulo and Lisbon in the globalization process, in order to identify how social inequalities happen, racism and the ways by which it is...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2006
Main Author: Fernandes, José Antonio da Costa
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3746
Citação:Fernandes, José Antonio da Costa. Olhares pós-coloniais: Lisboa, São Paulo e relações étnico-raciais. Em tempos de globalização, desigualdade, diferença, racismo e anti-racismo. 2006. 329 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Resumo Português:A presente tese realizou análise comparativa sobre as relações sociais e étnicoraciais que ocorrem em Portugal e no Brasil, prioritariamente nas cidades de São Paulo e Lisboa no processo de globalização, identificando como ocorrem as desigualdades sociais, o racismo e seus enftentamentos, na perspectiva da contra hegemonia de alguns movimentos sociais. Foi necessário recuperar a História recente dos dois países privilegiandouma história social na qual a questão étnico racial teve maior relevo. Na análise do processo de globalização nos dois países foi destacado as semelhanças e diferenças que ocorreram entre os dois países, principalmente nas cidades. As duas cidades foram escolhidas por serem consideradas globais, sede dos movimentos sociais escolhidos para análise e onde as tensões sociais são mais agudas. Estes movimentos sociais foram avaliados considerando sua vinculação ao terreno da regulação (manutenção da ordem neoliberal global) e da emancipação social (ruptura e construção de alternativas). As políticas públicas de combate à discriminação racial nos dois países foram analisadas e comparadas. A partir da análise dos fatores que atingiram a desigualdade e o racismo nas duas cidades, avaliou-se o pós-colonialismo e a construção de solidariedadeslocais decorrentes destas relações
Resumo inglês:This thesis accomplished a comparative analysis on the social and ethnic-racial relationships which occur in Brazil and Portugal, with priority in the cities of Sao Paulo and Lisbon in the globalization process, in order to identify how social inequalities happen, racism and the ways by which it is faced, into the perspective of some social movements counter-hegemony. It was necessary to retrieve the recent Histories of the two countries, emphasizing a social History in what the ethnic-racial matter was of paramount importance. During the analysis of the two countries globalization process it was stood out differences and similarities between them, mainly in these cities, which were chosen for he fact of being considered global, headquarters of the selected social movements used in this study and because social strain in these cities is quite sharp. These social movements were evaluated considering their linkage to the regulation field (maintenance of the global neo-liberal order) and to the social emancipation (rupture and building of altematives). Public policies towards struggling racial discriminationwere analyzed and compared in both countries. Starting ITom the analysis of the factors which affected racism and inequality in both cities, post-colonialism and the building of solidarities due to these relationshipswere evaluated