O tradicional e o moderno no futebol brasileiro: do moderno e de elite a uma moderna elitização

This work analyzes the processes of modernization undergone by the Brazilian soccer, identifying the characteristics that have build up its structure until to date. First, we looked for significant changes that characterize the transformation as a soccer modernization process and that of its structu...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Castellari, Ademir Ângelo lattes
Orientador/a: Bizelli, Edimilson Antonio
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4196
Citação:Castellari, Ademir Ângelo. The traditional and modern aspects experienced in the brazilian soccer: from a modern pattern and from elite to a modern gentrification. 2010. 126 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Resumo Português:Esse trabalho analisa os processos de modernização por que passou o futebol brasileiro, identificando as características que o estruturam até os dias de hoje. Primeiramente, buscam-se as alterações significativas que caracterizam as transformações como sendo um processo de modernização do futebol e de suas estruturas, analisando-se em seguida, o caráter destas transformações verificando se guardam alguma relação de similaridade com a forma em que se deu a modernização da sociedade brasileira. Além disso, procura-se compreender se o atraso apontado como sendo característico do futebol brasileiro - presente no discurso dos diversos atores que atuam nesse meio - é um traço de nossa cultura e foi historicamente construído, ou se é intrínseco do futebol praticado em países de centros considerados periféricos. A pesquisa foca também os principais atores que se movem nesse cenário, analisando a atuação do Estado, dos dirigentes esportivos e das empresas capitalistas, com o intuito de compreender as características que estruturam o futebol no Brasil. A análise parte da introdução do futebol em nosso território através da elite dirigente, passando por sua transformação em esporte popular e de massas e sua profissionalização, até sua instrumentalização pelo Estado e a aproximação entre o futebol e a política, que cria a categoria dos dirigentes esportivos, e atinge a última grande transformação, que estamos assistindo no início do século XXI, ou seja, uma modernização gestada pelo Estado, através de leis que abrem a possibilidade para que o mercado conduza esse novo processo e que pode estar conduzindo o futebol a uma re-elitização
Resumo inglês:This work analyzes the processes of modernization undergone by the Brazilian soccer, identifying the characteristics that have build up its structure until to date. First, we looked for significant changes that characterize the transformation as a soccer modernization process and that of its structuctures. Then, we analyzed the, character of these changes and observed if it somehow has a similarity relation with the manner Brazilian society became modern. Moreover, we tried to understand if the delay indicated as a typical characteristic of the Brazilian soccer present in this discourse of different actors that work in this environment is a trait of our culture and has historically been built up, or if it is intrinsic of soccer practiced in countries, deemed as peripheral areas. The research also focuses on the principal players that act in this scenario, analyzing the performance of the State and that of the sports ruling authorities and capitalist enterprises, in order to understand the characteristics that make up the soccer in Brazil. The analysis begins with the introduction of soccer in our country by the ruling elite, and its transformation into a popular and mass sport, in addition to its professionalization and its exploitation by the State, as well as, the rapprochement between football and politics, creating a category of the sports ruling authorities. The analysis also comprehends the last great transformation we are witnessing in the beginning of the 21st century, a modernization engendered by the State, through laws that grant the market the possibility to lead this new process and that may be leading soccer to a re-gentrification