Neopentecostalismo e empreendedorismo: prosperidade e mobilidade social: uma “nova” classe média?

This doctoral thesis is the study of the theory of prosperity of the neo-pentecostal denomination of churches and in particular the Universal Church of the Kingdom of God. The overall objective is to understand the theory of iurdiana prosperity provides access to a "new" social class, entr...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Bertani, Silvia Mara Novaes Sousa lattes
Orientador/a: Bógus, Lúcia Maria Machado
Format: Tese
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Faculdade de Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19351
Citação:Bertani, Silvia Mara Novaes Sousa. Neopentecostalismo e empreendedorismo: prosperidade e mobilidade social: uma “nova” classe média?. 2016. 294 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Resumo Português:Esta tese de doutorado se constitui no estudo sobre a teoria da prosperidade das igrejas de denominação neopentecostal e, em especial da Igreja Universal do Reino de Deus. O objetivo geral é compreender se a teoria da prosperidade iurdiana propicia o acesso a uma “nova” classe social, a empreendedora. O objetivo específico é a compreensão da relação entre o capital espiritual e a trajetória do fiel iurdiano empreendedor a uma “nova” classe social: a classe média empreendedora. Para realização de nossos objetivos foi utilizada metodologia qualitativa e a quantitativa intencional baseada na aplicação de questionários, entrevistas e análise de programas e eventos religiosos da Igreja Universal do Reino de Deus. Foram analisadas dez entrevistas selecionadas intencionalmente. Para a construção do objeto de pesquisa, nos apoiamos na teoria da reprodução cultural de Pierre Bourdieu e em pesquisas empíricas realizadas no contexto do grupo em análise. A escolha da Igreja Universal do Reino de Deus se fez por ser essa uma das instituições religiosas mais importantes e com maior número de fiéis. Optou-se pelo estudo desse tema em uma região específica da cidade de São Paulo, a região do Brás local de grande concentração de evangélicos neopentecostais e fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus
Resumo inglês:This doctoral thesis is the study of the theory of prosperity of the neo-pentecostal denomination of churches and in particular the Universal Church of the Kingdom of God. The overall objective is to understand the theory of iurdiana prosperity provides access to a "new" social class, entrepreneurial. The specific objective is to understand the relationship between the spiritual capital and the trajectory of the faithful iurdiano entrepreneur to a "new" social class: the entrepreneurial middle class. For realization of our objectives was used qualitative methodology and intentional quantitative based on questionnaires, interviews and analysis of programs and religious events of the Universal Church of the Kingdom of God. Ten interviews intentionally selected were analyzed. For the construction of the research object, we are relying on the theory of cultural reproduction of Pierre Bourdieu and empirical research conducted within the group in question. The choice of the Universal Church of the Kingdom of God was made to be that one of the most important religious institutions and more faithful. We chose to study this issue in a specific region of São Paulo, the local Brás region of high concentration of neo-Pentecostal evangelicals and faithful of the Universal Church of the Kingdom of God