Tradição e tabu: um estudo sobre gênero e sexualidade nas religiões afro-brasileiras

This study aims to investigate the presence of homosexuals (sometimes predominant) inside Afro-Brazilian religions. More specifically this dissertation analyzes the relationship between male homosexuality and candomblé . This fact has been studied by many anthropologists for decades. Ruth Landes, Pe...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2007
Main Author: Santos, Milton Silva dos
Orientador/a: Bernardo, Teresinha
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3841
Citação:Santos, Milton Silva dos. Tradição e tabu: um estudo sobre gênero e sexualidade nas religiões afro-brasileiras. 2007. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Resumo Português:Este estudo propõe investigar a presença, por vezes predominante, de homossexuais nas religiões afro-brasileiras e, mais especificamente, a relação entre homossexualidade masculina e candomblé . Há décadas, esse fenômeno vem despertando o interesse dos antropólogos. Ruth Landes, Peter Fry, Patrícia Birman, Maria Lina Leão Teixeira, Luís Felipe Rios, entre outros, procuraram investigá-lo sob diferentes enfoques. Se comparados a outras religiões, os cultos afro-brasileiros são mais tolerantes à participação de homossexuais, permitindolhes ocupar todos os postos previstos na hierarquia sacerdotal. Isto é possível porque as identidades sexuais estigmatizadas e marginalizadas têm esses aspectos negativos parcialmente minimizados no espaço religioso. Embora estejam entre as que menos discriminam o indivíduo por razões de preferência sexual, a homossexualidade é um assunto delicado e pouco discutido nas casas de culto. A partir da literatura examinada e da pesquisa de campo, realizada com sacerdotes do candomblé paulista, pôde-se perceber que a hierarquização das sexualidades e dos gêneros também regula as relações construídas entre os adeptos. Por conseguinte, tratar de sexualidade nas comunidades-terreiro ainda é um tema tabu
Resumo inglês:This study aims to investigate the presence of homosexuals (sometimes predominant) inside Afro-Brazilian religions. More specifically this dissertation analyzes the relationship between male homosexuality and candomblé . This fact has been studied by many anthropologists for decades. Ruth Landes, Peter Fry, Patrícia Birman, Maria Lina Leão Teixeira, Luís Felipe Rios are among those who have investigated this theme under many different perspectives. When compared to other religions, it is clear that afro-Brazilian religions are more tolerant towards homosexuals. They are allowed to occupy all the available posts in the sacerdotal hierarchy. This is possible because the negatives aspects stigmatized and marginalized sexual identities become partly reduced in the religious spaces. candomblé is a religion that has little sexual preferences discrimination. But even inside this afro-Brazilian religion homosexuality is a delicate subject rarely discussed in the worship places. By conducting field work among candomblé priests and examining the literature it became clear that gender and sexuality also regulates the relationships among the faithful. Therefore, sexuality is still a taboo within Afro- Religious communities