Distúrbios da era informacional: conflitos entre a propriedade intelectual e a cultura livre

This paper aims to examine the tensions arising from the transition from industrial capitalism to informational capitalism, especially those concerning the conditions of the possibilities offered by information technology, between the free flow of information and its blockade by the privatized capit...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Almeida, Luis Eduardo Pinto Tavares de
Orientador/a: Chaia, Miguel Wady
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4203
Citação:Almeida, Luis Eduardo Pinto Tavares de. Distúrbios da era informacional: conflitos entre a propriedade intelectual e a cultura livre. 2010. 120 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Resumo Português:O presente trabalho objetiva analisar as tensões decorrentes da transição do capitalismo industrial para o capitalismo informacional, sobretudo aquelas concernentes às possibilidades abertas pelas condições das tecnologias da informação, entre a livre circulação de informações e seu bloqueio privatista pelo capital. Para tanto, enfocamos a instituição da propriedade intelectual que expressa características importantes dessa transição e em torno da qual ocorrem importantes conflitos. O trabalho é constituído de pesquisa bibliográfica e verificação empírica, por meio de quatro experiência elencadas. Com isso avaliamos o processo de transição como irruptivo de possibilidades de construção de uma nova economia, porém condicionadas por forças conservadoras
Resumo inglês:This paper aims to examine the tensions arising from the transition from industrial capitalism to informational capitalism, especially those concerning the conditions of the possibilities offered by information technology, between the free flow of information and its blockade by the privatized capital. To this end, we focused on the institution of intellectual property that expresses the important features of this transition and around the major conflicts which occur. The work consists of literature review and empirical verification through experience of four listed. Thus we evaluate the transition process as irruptive possibilities of building a new economy, but constrained by conservative forces