Viajantes na cidade: a aventura dos usuários de transportes públicos em São Paulo

This work aims to know the culture of public transport users, more specifically, the bus and subway travelers in São Paulo at the beginning of XXI century. Looking to the traveler, who performs the journey, the research investigates the use of these habits and what are the transport means, preparati...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Borges, Christina Maria de Marchiori lattes
Orientador/a: Werneck, Mariza Martins Furquim lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Ciências Sociais
Department: Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucsp.br/handle/handle/2523
Citação:Borges, Christina Maria de Marchiori. Viajantes na cidade: a aventura dos usuários de transportes públicos em São Paulo. 2015. 168 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Resumo Português:Esta dissertação tem por finalidade conhecer a cultura dos usuários de transportes públicos, mais especificamente, dos viajantes de ônibus e de metrô na cidade de São Paulo, no início do século XXI. Com o olhar no viajante, aquele que realiza a viagem, a pesquisa investiga os hábitos de uso nesses meios de transportes, as preparações das viagens, as percepções, as linguagens e as sociabilidades. A dissertação aborda também como as viagens e a cidade são simbolizadas e, de que maneira o imaginário emerge da mobilidade urbana, tendo a cidade de São Paulo como objeto empírico e teórico. A pesquisa tem cunho etnográfico recorrendo à observação participante, a entrevistas em profundidade e, ainda, à coleta e análise de material de propaganda distribuído aos usuários nas ruas, em pontos de ônibus e nas portas das estações metroviárias
Resumo inglês:This work aims to know the culture of public transport users, more specifically, the bus and subway travelers in São Paulo at the beginning of XXI century. Looking to the traveler, who performs the journey, the research investigates the use of these habits and what are the transport means, preparations for travel, perceptions, language and sociability. The dissertation also discusses how the travel and the city are symbolized and how the imaginary emerges of urban mobility with the city of São Paulo as empirical and theoretical object. Research has ethnographic using the participant observation, qualitative interviews and also the collection and analysis of advertising material distributed to users on the streets, at bus stops and the doors of subway stations